Este smartphone da Xiaomi é o novo Rei se queres boa bateria

Bruno Coelho
Comentar

Para muitos utilizadores, é importante ter a melhor autonomia possível no smartphone. Mas nem todos os equipamentos têm na bateria o seu foco, e há que encontrar aqueles que mais se adequam às tuas necessidades.

Se queres comprar um smartphone da Xiaomi e procuras a melhor autonomia possível, há um novo campeão. Falamos do recém-apresentado Xiaomi 11T, que passou com distinção nos testes de bateria da DxOMark.

Xiaomi 11T recebe 89 pontos no ranking de bateria da DxOMark

O equipamento conseguiu uns impressionantes 89 pontos neste ranking, igualando na segunda posição dispositivos como o iPhone 13 Pro Max, que custa mais do dobro do seu preço. É apenas superado pelo Oppo Reno6 5G (96), de que já te falamos neste artigo.

Pontuação de bateria do Xiaomi 11T
Pontuação de bateria do Xiaomi 11T na DxOMark

O Xiaomi 11T demonstra um desempenho de bateria balanceado, com a capacidade de 5000mAh e carregamento de 67W. Em números, promete um carregamento completo em 47 minutos e a autonomia pode chegar às 59 horas em uso moderado.

Mesmo em uso intenso, o terminal conseguiu alcançar 37 horas de autonomia nestes testes. Em uso leve, o equipamento acaba mesmo bater o referido Oppo Reno6 5G em autonomia.

Pontos fortes da bateria do Xiaomi 11T

  • Dispositivo muito bem balanceado
  • Excelente autonomia para este segmento (59 horas de uso moderado)
  • Ganha 8 horas de autonomia quando carregado com 60% ou menos da capacidade restante

Pontos fracos da bateria do Xiaomi 11T

  • Leva 3 minutos e meio para começar a carregar na potência de pico
  • Baixa autonomia ao usar navegação GPS
  • Quando o medidor da bateria mostra 20% de carga restante, apenas 16,4% é realmente restante

Como qualquer teste à autonomia, este deve ser visto como apenas um barómetro. A autonomia deste Xiaomi 11T promete ser muito boa, mas vai sempre depender da tua utilização. Confere a análise completa da DxOMark à bateria do Xiaomi 11T.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.