Este iPhone pode atrair mais de mil milhões de utilizadores Android para o universo Apple

Mónica Marques
Comentar

Circulam rumores sobre a Apple lançar um iPhone SE no próximo ano para "atacar" o mercado de smartphones de gama média.

Agora analistas da JP Morgan afirmam que a versão SE do smartphone da Apple pode conquistar mais de mil milhões de utilizadores Android e levá-los a mudar de sistema operativo.

iPhone SE 2022 pode também conquistar utilizadores de modelos Apple mais antigos

Apple iPhone SE
Espera-se que o iPhone SE 2022 tenha um design semelhante ao modelo SE atualmente disponível e aqui na imagem

Desde há algum tempo que circulam rumores sobre a possibilidade de, no próximo ano, a Apple lançar um iPhone SE 2022. O objetivo desse lançamento pode ser a entrada da empresa de Cupertino na gama média de smartphones para se transformar numa das principais marcas deste segmento.

Entretanto, analistas da JP Morgan analisaram a questão e afirmam que o iPhone SE pode atrair mais de mil milhões de utilizadores Android e levá-los para o universo da Apple.

Na realidade, os analistas são mais específicos e estimam que 1,4 mil milhões de utilizadores troquem o seu dispositivo Android pelo iPhone SE. Mais: o mesmo modelo SE poderá também conquistar 300 milhões de utilizadores de modelos mais antigos do iPhone.

JP Morgan estima que vendas globais do iPhone aumentem em 2022

Mas os analistas da JP Morgan foram mais longe e aumentaram as suas estimativas para as vendas do atual iPhone SE para o próximo, prevendo que estas atinjam os 30 milhões de unidades vendidas.

No mesmo sentido ascendente está também o iPhone 13, o qual a JP Morgan estima que venda no próximo ano 250 milhões de unidades. A confirmar-se esta previsão, a empresa de Cupertino consegue vender mais 10 milhões de dispositivos do que em 2021.

Ainda segundo os mesmos analistas, os únicos factores que podem travar este crescimento da Apple são os problemas relacionadas com a oferta, ou seja, falhas no fornecimento de componentes ou uma procura abaixo das expetativas.

Atrasos nas entregas podem afetar vendas do iPhone 13

Apple iPhone 13
O Natal vai impulsionar as vendas globais do iPhone 13 da Apple

E nestes últimos tempos, a empresa de Tim Cook tem sofrido de ambos os problemas. No que respeita à procura, notícias recentemente divulgadas deram conta de que os atrasos nas entregas do modelo iPhone 13 tem levado muitos utilizadores a desistir da sua compra.

Nesse sentido, ainda que a época natalícia leve, de forma orgânica, a um aumento das vendas dos dispositivos Apple, as remessas globais do novo smartphone Apple para o ano de 2021 podem ficar aquém das expetativas definidas à partida.

Por outro lado, vários utilizadores também revelaram que preferem esperar pelo iPhone 14 para adquirir um terminal Apple. Tudo porque consideram que o modelo 13 é apenas uma grande atualização do seu antecessor. De acordo com estes relatos, o iPhone 14 é que poderá trazer consigo melhorias significativas que justifiquem a compra do equipamento.

E, se juntarmos a possibilidade de a Apple lançar novamente uma variante SE, com toda a certeza os utilizadores vão ter novidades suficientes a um preço mais acessível para "abraçar" o ecossistema de Cupertino.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.