Estás à espera do 5G? A Coreia do Sul já está a desenvolver o 6G

Filipe Alves
1 comentário

Em Portugal ainda estamos à espera que a tecnologia 5G seja uma realidade. Já temos smartphones com 5G, porém, continuamos sem ver as operadoras a trazer a tecnologia aos seus clientes.

Contudo, na Coreia do Sul já se pensa um pouco mais à frente. O país é um dos mais vanguardistas na tecnologia 5G (algo que já começa a ser habitual no país), assim sendo, o desenvolvimento para a tecnologia 6G já começou.

Tecnologia 6G deverá ser lançada em 2026

Tecnologia 6G vs 5G

A Coreia do Sul espera que a tecnologia 6G comece os primeiros passos já em 2026. Ainda assim, estas são as datas para o começo do desenvolvimento, não a sua implementação total.

Neste espaço de tempo, espera-se que seja gasto mais de 143 milhões de Euros na evolução desta tecnologia. As expectativas é que a tecnologia 6G comece a ser comercializada entre 2028 e 2030.

Quais as diferenças da tecnologia 6G para a 5G

Ainda é cedo para dizermos que o 5G será seriamente ultrapassado pelo 6G no que toca à velocidade. Até porque só agora é que começaram os testes nesta tecnologia.

Porém, os programadores envolvidos acreditam que o 6G possa conseguir alcançar 1Tbps de velocidade. Espera-se ainda que reduza a latência para 1/5 daquilo que o 5G oferece.

O maior problema da tecnologia 5G

Neste momento o maior problema da tecnologia 5G é o fraco alcance. Isto é, é preciso uma enorme quantidade de antenas para que a tecnologia consiga cobrir uma boa área.

Porém, as evoluções do 5G são importantíssimas. Principalmente para a IoT (Internet das coisas). Isto porque a latência é consideravelmente mais baixa que o 4G.

O que faz com que a comunicação entre dispositivos seja consideravelmente mais rápida. O 5G pode ser aquilo que fará de uma cidade verdadeiramente inteligente. Ou seja, é bem mais do que apenas mais uma nova rede para falarmos ao telefone.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.