Episódio insólito coloca homem em cirurgia depois de engolir telemóvel

Joel Santos

Huawei P9 4gnews

Um homem de 29 anos, na Irlanda, foi protagonista de um episódio insólito ao precisar de ser assistido medicamente depois de ter ingerido um telemóvel com o intuito de, segundo as autoridades, contrabandear na prisão.

Depois de admitir ter engolido um telemóvel, o homem foi levado para o hospital onde um raio-X veio a confirmar que ele tinha um equipamento alojado no estômago. Depois dos resultados revelados por este exame, os médicos esperaram mais 18 horas para o telemóvel ter tempo de chegar ao sistema digestivo. Sucederam-se duas opções: endoscopia gastrointestinal ou laparotomia. Ao confirmar-se a ineficácia do primeiro processo, iniciaram o segundo, que conseguiu resolver o problema.

Vê também: Samsung patenteia smartwatch capaz de projetar o seu ecrã Produtos relacionados

O homem de 29 anos que poderia ser protagonista da série Jackass, teve alta uma semana depois. Não é sabido que tipo de telemóvel terá sido utilizado para este episódio mas pensa-se que terá sido um smartphone.

Casos como este salientam a importância de uma boa vigilância nos sistemas prisionais para que atos ilícitos que podem provocar problemas ou, em casos como este, a morte, sejam evitados e prevenidos.

Por último, questiono-me se o telemóvel teria alguma hipótese de funcionar se este episódio tivesse corrido bem para o recluso. Provavelmente, não.

Talvez queiras ver: