Elon Musk está mais uma vez pronto a comprar a rede social Twitter

Rui Bacelar
Comentar

Elon Musk, o carismático responsável máximo pelos desígnios da Tesla, SpaceX e outras firmas norte-americanas, volta novamente a sua atenção para a rede social Twitter. Após avanços e retrocessos na intenção de compra, a transação multi-milionária estará agora, novamente, em bom curso.

O multi milionário sul-africano, após se ter retraído da aquisição do Twitter perante a alegada incapacidade da rede social fornecer todas as métricas pedidas por Musk. Todavia, terá agora chegado um novo entendimento conducente à aquisição da plataforma de micro blogging.

O negócio pode ser concretizado ainda em 2022, cessando assim as hostilidades judiciais entre as partes.

44 milhões de razões para a rede social Twitter ter um novo dono em Elon Musk

Buying Twitter is an accelerant to creating X, the everything app

— Elon Musk (@elonmusk) 4 de outubro de 2022

O CEO da Tesla e da SpaceX colocou uma oferta inicial de aquisição do Twitter por cerca de 44 mil milhões de dólares, sensivelmente o mesmo valor em euros, em abril de 2022.

Entretanto, o negócio foi suspenso perante a incapacidade do Twitter apurar quantos dos seus perfis e utilizadores são, na verdade, bots automatizados na rede social. A empresa norte-americana alegava que apenas 5% do volume de contas seriam "bots", mas perante a incapacidade dos responsáveis precisarem estes e outros detalhes.

Posteriormente, Musk apontaria o dedo à rede social acusando-a de não conseguir fazer uma introspeção e fornecer as métricas pedidas.

O Twitter acusou, na ocasião referida supra, Elon Musk de perturbar o normal modus operandi da empresa. Isto para além de a desvalorizar na Bolsa face às alegações do magnata.

Ainda em jeito de resposta, o Twitter apresentou uma queixa formal junto das instâncias judiciais com o intuito de levar Musk a cumprir a sua promessa de compra.

Elon Musk deverá comprar a rede social Twitter até ao final de 2022

Segundo avança a agência Reuters, a compra deverá agora efetivar-se no decurso dos próximos meses. A notícia surge no encalço da ação judicial interposta pela rede social com o objetivo de forçar Musk a cumprir a sua parte do negócio.

Entretanto, o próprio Elon Musk mostra-se novamente interessado no Twitter, o potencial que esta rede social pode cumprir. Porém, de momento não é conhecida a total extensão das ambições de Musk para a plataforma em questão.

Por fim, intenção de compra ocorreu no início deste ano. Na altura, fazendo com que as ações do Twitter aumentassem em 12,7% para 47,93 dólares e as ações da Tesla também aumentassem cerca de 2,4%.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt