Electronic Arts segue Sony e Facebook e cancela presença na GDC 2020

Bruno Coelho
Comentar

A Game Developers Conference (GDC) é a maior feira anual de jogos eletrónicos, e tem a edição de 2020 marcada para 16 a 20 de março em São Francisco, nos Estados Unidos.

Devido ao surto de coronavírus, foram já várias as grandes desenvolvedoras a cancelar a presença no evento, com a Sony e o Facebook à cabeça. A Electronic Arts é o mais recente grande nome a cancelar a sua “participação oficial” no evento.

“Tendo acompanhado de perto a situação global com o coronavírus e com a recente escalada de casos em novas regiões, nós decidimos tomar medidas adicionais para proteger o bem-estar dos nossos funcionários, incluindo a restrição de todas as viagens não-essenciais”, pode ler-se no comunicado da EA.

“Como resultado disso, também cancelamos a nossa participação oficial na GDC e limitamos a presença noutros eventos. Vamos continuar a monitorizar a situação e ajustaremos as diretrizes aos nossos funcionários como acharmos apropriado”, esclarecem.

Realização da GDC fica em risco com os vários cancelamentos

Com os vários cancelamentos, fica a dúvida se os organizadores da GDC vão tomar a mesma atitude que a GSMA tomou na Mobile World Congress: cancelar o evento para segurança de todos.

Com cada vez mais casos de coronavírus, todas as medidas de precaução são poucas. As marcas conseguirão adaptar-se com apresentações online, que protegem os funcionários e os potenciais visitantes do evento.

Editores 4gnews recomendam:

  • Microsoft revela especificações da Xbox Series X. E que besta ela será!
  • iQOO 3 já foi apresentado e vai surpreender! Um topo de gama que vai dar que falar
  • Serviço Nvidia GeForce Now perde mais um nome de peso
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.