Electronic Arts está em sarilhos na Bélgica graças ao FIFA

Vitor Urbano
Electronic Arts pode estar em problemas graças às "loot boxes" do FIFA

No início de 2018, o governo belga decidiu tomar medidas drásticas no que respeita a loot boxes em jogos. Sendo consideradas como "jogo de azar ilegal", foi decretado que teriam de ser removidas dos jogos da Electronic Arts e outras companhias.

Se bem te lembras, toda esta confusão em torno das loot boxes começou com o Star Wars: Battlefront 2, onde a Electronic Arts (EA) implementou loot boxes extremamente caras que se apresentavam como essenciais para conseguir avançar no jogo.

Vê ainda: FIFA 19 ou PES 2019? A vossa escolha não deixou dúvidas!

A lei foi consumada em abril, considerando que estas loot boxes que oferecem recompensas aleatórias na troca por dinheiro são classificadas como "jogo de azar" por isso tornaram-se ilegais na Bélgica. Empresas como a Blizzard e 2K rapidamente se apressaram a remover esta opção nos seus jogos (apenas no país), mas a EA continua a desafiar a nova lei.

Considerando que o jogo Star Wars foi o responsável por todo este problema. A EA decidiu restruturar o jogo, de forma a poder remover as loot boxes. No entanto, a sua "galinha dos ovos de ouro" chamada FIFA, continua a oferecer este sistema de "jogo de azar ilegal". Com isto, na Bélgica, a EA está prestes a deparar-se com um processo juridico onde poderá enfrentar um grande problema.

Electronic Arts poderá enfrentar grandes problemas graças às loot boxes no FIFA

O modo de jogo Ultimate Team é de longe o mais popular nas séries FIFA da EA. Com isto, são milhões de jogadores ativos todos os anos a lutar pela construção da melhor equipa do mundo.

Neste modo, a EA disponibiliza pacotes de "cartas" onde os jogadores testam a sua sorte na busca de um Cristiano Ronaldo e companhia. Esta é a principal fonte de receitas da EA no que respeita ao FIFA, e não só.

Depois de todas as acusações no escândalo das loot boxes. A EA decidiu revelar quais as probabilidades de receber as melhoras cartas neste sistema. Numa tentativa de provar que não é "jogo de azar ilegal". Refere ainda que os utilizadores não têm qualquer possibilidade de vender as suas cartas por dinheiro real.

Para qualquer jogador de FIFA e Utilmate Team, a resposta a esta pergunta é muito simples. Falando por experiência própria, não há dúvida que o sistema aplicado pela EA trata-se realmente de uma verdadeira "lotaria". Diria até que às vezes parece mais provável conseguir ganhar num jogo de casino do que no Ultimate Team.

Enquanto a Bélgica procura montar um processo em tribunal em perseguição da EA. Países como os Estados Unidos e Nova Zelândia, decretaram que este sistema de loot boxes não é considerado "jogo de azar".

O FIFA 19 está mesmo aí à porta, e certamente que a EA vai continuar a aplicar este sistema no novo modo Ultimate Team. No entanto, será interessante ver se a empresa vai tentar implementar algumas novidades que poderão cativar ainda mais os jogadores.

Editores 4gnews recomendam:

O FIFA 19, o Cristiano Ronaldo e a Liga dos Campeões! (Trailer)

Pro Evolution Soccer – Tudo que deves saber sobre o PES 2019 da Konami

Xbox One: PUGB alcança finalmente marco histórico

Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.