Ecrã partido 4GN

Esta tecnologia já não é propriamente nova, já temos esta tecnologia de “self- healing” ou ” auto-curar”, nos vidros dos carros em janelas e até na tampa traseira do LG G Flex 2.

Mas de acordo com novas informações esta tecnologia virá para o nosso ecrã do smartphone em breve. Falando por experiência própria para mim é um problema manter um smartphone sem o ecrã partido, quase todos os equipamentos que uso como daily driver acabam com o mesmo destino.

   

Esta tecnologia desenvolvida pela empresa Apaz L’Oreal pôs químicos a desvendar o segredo para um ecrã partido e segundo eles, não é muito difícil. ” Se tens uma ferida o corpo reage e repara, essa tecnologia faz isso mesmo”.

Segundo as mesmas informações esta tecnologia já está preparada para ir produzir em massa e é provável que vejamos smartphones em breve a serem fabricados com ela.

Nós tiramos a inspiração do corpo humano. Se nos aleijarmos, sangramos, fica em crosta e cura. Simplesmente fizemos a mesma função num material sintético. Vamos ter algo que se pode curar a si mesmo.” referido ao jornal Independent.

Nada é referido sobre o preço destes ecrãs e se marcas apostarão a colocar este tipo de material no smartphone desde o seu fabrico, mas temos o exemplo dos vidros de Safira que embora os mais resistentes, a falha de produção e o elevado custo dos ecrãs, continuam a ser um entrave ao desenvolvimento.

Talvez queiras ver:

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.