E se em vez de venderes, trocares? SwappFlow é a app de trocas feita por Portugas da UM

Filipe Alves

swappflow

Eu sei que olho para o meu País com os "olhos do coração", mas mesmo assim, orgulho-me de dizer que Portugal tem uma qualidade que é difícil de alcançar. Somos poucos mas bons, e quando queremos, fazemos a diferença.

Em alturas dswappflow 1e crise os jovens são chamados ao barulho e é-lhes perguntado o que querem da vida, muitos decidem por fazer algo que criará um legado. Foi o que aconteceu a estes Jovens da Universidade do Minho o João Macedo, Tiago Carção e Hugo Neto.

Malta jovem com ambições, decidiu tornar o mundo mais simples com uma aplicação para android chamada SwappFlow. A app é uma ideologia que eu tinha quando era criança e andava com o bolso cheio de tazos.

Trocar,trocar e trocar. Se tens algo que não utilizas, porque não trocar por algo que te valha a pena? Em menos de um minuto tiras uma fotografia e postas o produto que fica de imediato pronto para troca. A app tem transpira minimalismo e aqui faço uma vénia ao design e concretização da ideia de uma forma simples e super intuitiva.

Nesta live ( entrevista no vídeo abaixo) tivemos a oportunidade de falar com um dos fundadores do projecto, o João Macedo que nos explicou-nos detalhadamente como é que esta app funciona e quais os objectivos desta jovem equipa.

Aproveita para fazer o download da Aplicação AQUI e não te esqueças de avaliar a app com as estrelas devidas na PlayStore, apoia projectos Portugas e apoia a tecnologia falada em Português, porque mesmo sendo pouco temos uma qualidade acima da média.

A Aplicação está disponível para android e futuramente para iOS, subscreve a newsletter da SwappFlow para saberes tudo sobre este avaço.

Desejámos a maior sorte para o pessoal que desenvolve a app e quero ainda dar um grande agradecimento pela entrevista na nossa LiveCast Semanal.

Talvez queiras ver:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.