DuckDuckGo afirma-se como alternativa ao motor de busca Google

Rui Bacelar
Comentar

O Google é o motor de busca mais popular no mundo, mas não é a única opção para pesquisar algo na Internet. Entre as principais alternativas, o DuckDuckGo afirma-se como respeitadora da privacidade do utilizador, tendo já 12 anos de existência.

Mais recentemente, este motor de busca registou mais de 100 milhões de pesquisas num só dia, graças também às recentes preocupações levantadas pelas desastrosas alterações na Política de Privacidade do WhatsApp.

O DuckDuck Go é um motor de busca e boa alternativa ao Google

Signal is blowing all records, and DuckDuckGo just passed 100,000,000 searches in a day. Privacy is cool 😎 👏 https://t.co/o3Oa9Pxe3m

— DHH (@dhh) 16 de janeiro de 2021

Os utilizadores estão cada vez mais cientes da forma como os seus dados são tratados pelas plataformas dominantes, sobretudo pela Google e Facebook, duas empresas cada vez mais associados a práticas comerciais pouco respeitadoras do utilizador.

Perante este "despertar" coletivo, o motor de busca alternativo registou mais de 100 milhões de queries num só dia, um número inédito de pesquisas. É um novo recorde de termos e frases pesquisadas no seu motor de busca, pelo qual a empresa está grata.

A empresa afirma que estes valores são o resultado de um período de crescimento sustentável, particularmente notório nos últimos dois anos, mas com maior ímpeto desde agosto de 2020. A partir dessa data, o DuckDuckGo começou a totalizar mais de dois mil milhões de pesquisas mensais.

Ainda assim, são números pequenos face aos valores registados pelo motor de busca da Google que, de acordo com os últimos indicadores, totaliza cerca de 5 mil milhões de pesquisas diárias. De qualquer modo, não deixa de ser um bom indicador para a DuckDuckGo, refletindo a gradual consciencialização dos utilizadores para com a sua própria privacidade.

O motor de busca DuckDuckGo está disponível via Web, Android e iOS

DuckDuckGo

O DuckDuckGo desta-se por não recolher dados do utilizador e por apresentar os mesmos resultados de pesquisa a qualquer utilizador. Ao não manter dados detalhados sobre as pesquisas efetuadas, o próprio registo do seu crescimento é uma tarefa árdua, mas algo que a plataforma não está disposta a arriscar. Para a DuckDuckGo, a privacidade do utilizador é um princípio orientador.

A par do DuckDuckGo, também a Signal e Telegram registaram picos de novos utilizadores perante o êxodo do WhatsApp. Com cada vez mais utilizadores a quererem resguardar a sua privacidade, ao mesmo tempo que descobrem alternativas ao Google, Facebook e WhatsApp, a tendência de crescimento para as plataformas focadas na privacidade manter-se-á.

O Facebook tenta agora recuperar a imagem do WhatsApp, recorrendo inclusive a anúncios em páginas inteiras de jornal impresso. Ao mesmo tempo, a malfadada atualização dos termos de serviço foi adiada até maio de 2021.

O motor de busca que não rastreia os utilizadores

I’ve been using DDG as my primary search engine for quite a while now. It’s great. Sure, maybe 1/20 queries, I add “!g” to see if Google would have a better result. But those 19/20 searches happening on DDG are helping to heal the web.

— DHH (@dhh) 16 de janeiro de 2021

A DuckDuck Go não canaliza os dados dos utilizadores para publicidade direcionada. Não faz rastreio das pesquisas efetuadas por quem a usa e continua a colocar a tónica no respeito por todo e qualquer utilizador.

A Google é, maioritariamente, uma empresa de publicidade. É esse o seu meio de rentabilização principal que lhe permite fornecer vários serviços de uso gratuito como o motor de busca.

A propósito, a Comissão Europeia abriu novas investigações ao modus operandi da Google.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.