Doogee Y6 Max: O smartphone com 6.5" polegadas a pensar em gaming

Filipe Alves
Doogee Y6 Max
Doogee Y6 Max

Não é todos os dias que falamos de gaming nos smartphones, certamente por isso hoje é um dia glorioso na 4gnews. Ainda há pouco escrevemos um artigo do ataque da Razer ao mundo Mobile e agora este Doogee Y6 Max.

Cada vez mais passamos mais tempo nos nossos smartphones. Para a maior parte das pessoas o smartphone passou mesmo a ser o "computador de casa". Não é que seja tão potente quanto um portátil, porém, aquilo que faz satisfaz serve para a maior parte dos consumidores que só querem navegar na net e ver o feed do facebook.

Vê ainda: Câmara dupla nos smartphones low-cost são uma grande treta!

Já os mais novos, estão mais inclinados para jogos do que propriamente algo produtivo. Jogar num smartphone tem sido cada vez mais um obstáculo para as empresas e desenvolvedores que tentam a todo o custo fazer de um ecrã tátil um formato simples para a jogabilidade.

Doogee Y6 Max
Doogee Y6 Max

Claro que podes sempre comprar um comando e adaptar ao smartphone via bluetooth, aliás, quando fiz isso e instalei um emulador dos jogos da PSOne diverti-me à grande numa viagem de UK para Portugal.

Sabe mais sobre envios e preços aqui

O Doogee Y6 Max é um smartphone modesto, contudo, com especificações que te satisfarão as necessidades gaming, um bom ecrã com 6.5" polegadas FHD para viveres o jogo e ainda uma bateria de 4300 mAh que deverá aguentar para umas boas horas de diversão.

O smartphone conta com o processador MediaTek MT6750T, 3GB de memória RAM, câmara de 13MP com sensor Samsung e um leitor de impressões digitais na parte traseira. O Doogee Y6 Max conta ainda com uma construção de metal e Android 6.0 Marshmallow mal tirado da caixa.

Por falar em jogos, ando totalmente viciado no Football Manager Mobile 2017 e a verdade é que jogar nas 5" polegadas do Google Pixel não é a melhor opção.

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.