Isto é o que diferencia a Apple da Samsung e Huawei

Carlos Oliveira
Apple Samsung Huawei
Tim Cook, CEO da tecnológica norte-americana ©reuters

O mercado de smartphones é atualmente liderado pela Samsung, Huawei e Apple. A luta pelo pódio mundial deste setor tem vindo a ser travada há muito tempo entre estas três empresas. Tudo o resto parece estar longe de lhes fazer frente.

A Samsung é líder incontestável deste mercado, muito por culpa da popularidade dos seus gama média. Por outro lado, a Huawei tem oscilado constantemente entre o segundo e terceiro posto da hierarquia.

Vê ainda: Samsung Galaxy S10 e smartphone dobrável serão os trunfos de 2019

No entanto, a chinesa tem vindo a desenvolver um trabalho fantástico que pode muito bem levá-la ao topo num futuro próximo. Não obstante, não nos podemos esquecer da Apple e de toda a sua influência no mercado.

Embora venha a oscilar constantemente entre o segundo e o terceiro posto, a Apple é a marca mais valiosa do mundo. À luz disto, é justificável interrogarmo-nos como é que a empresa de Cupertino consegue lucrar tanto.

Apple, Samsung e Huawei são lideres, mas há algo que as distingue

É importante notar que os iPhone são os responsáveis pela grande fatia dos lucros da norte-americana. Focando-se apenas no mercado de gama alta, a empresa liderada por Tim Cook consegue margens de lucro que muitas outras não conseguem.

Mas não só de iPhone vive a Apple e é isso que a distingue das suas principais rivais. Enquanto que a Samsung olha para outros mercados - como o dos electrodomésticos - e a Huawei olha para infraestruturas, a norte-americana olha para o software.

De acordo com o analista Philip Elmer-DeWitt, só o ecossistema da Apple consegue gerar mais dinheiro que os iPhone. Ou seja, tudo é que é iPad, Macbook, iMac e afins fica sempre atrás do software, em termos de lucros.

iPhone X Android iOS Samsung Galaxy S9 Apple iPhone X Cnet Android iOS
As previsões dos analistas avançam uma queda nos lucros para a tecnológica coreana.

Segundo o que Philip Elmer-DeWitt adianta, no último trimestre fiscal de 2018 a Apple irá lucrar 10.3 mil milhões de dólares só com o seu software. Esta cifra representa um crescimento de 21% face ao mesmo período de 2017.

Isto exemplifica bastante bem aquilo que muitas vezes louvamos como sendo o ecossistema Apple. Em vez de distrair-se no desenvolvimento de outro tipo de tecnologias, Tim Cook e sua equipa foca-se em melhorar aquilo que já possui. Foca-se em aprimorar constantemente o seu software de uma forma que consegue prender os seus utilizadores.

Por fim, importa notar que estes números não são oficiais. Os resultados financeiros deverão ser divulgados no próximo dia 1 de novembro e aí sim teremos uma visão inequívoca do quão a Apple consegue lucrar com o seu software.

Editores 4gnews recomendam:

Honor Magic 2 trará vários gradientes de cor similares aos Huawei P20

Algumas novidades do Mi Mix 3 chegarão ao Xiaomi Mi Mix 2S e Mi 8

Google Chrome 71 trará várias melhorias para a experiência de utilização

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.