Dead Rising 4
Dead Rising 4

O Dead Rising 4 foi lançado a 6 de dezembro de 2016. Desde então só tem estado disponível na Windows Store. Caso não possuas um PC com Windows 10, tenho boas notícias para ti, pois este jogo ficou disponível na loja da Valve, a Steam.

Este jogo tem estado disponível no mercado há alguns meses, embora para PC, até agora só tem estado disponível pela Windows Store. Assim, só quem tivesse o Windows 10 podia adquirir e jogar este jogo para PC. Quem não tivesse só poderia seguir a outra linha.

Vê ainda: GTA V: Nova DLC gratuita traz mais emoção ao jogo

   

Analisando a situação, é óbvio que o número de vendas não estavam a animar nem a Microsoft, nem a Capcom, a produtora do jogo. A decisão de não vender o jogo na Steam não deverá estar a ajudar a empresa a chegar ao seu objetivo. Esta pretende no fim deste mês já ter vendido 2 milhões de cópias do Dead Rising 4. Lançar o jogo na Steam poderá ajudar a atingir este objetivo, visto que a loja da Valve é a favorita dos jogadores.

O Dead Rising 4 segue a linha dos jogos da série. É um jogo em mundo aberto, de sobrevivência, em que os teus inimigos são zombies. Para matar este inimigo, terás várias armas disponíveis que te proporcionarão formas criativas de matar estes zombies. É um bom jogo para aliviar o stress do dia a dia!

Caso compres na Steam, o jogo já trará todas as atualizações e conteúdo já presente na versão da Windows Store. Caso queiras ainda mais conteúdo, poderás gastar 19,99€ a mais e comprar a Season Pass do Dead Rising 4

Não percas: Switch está quase a atingir o objetivo de vendas da Nintendo

Este jogo foi lançado para Xbox One e para PC com um preço de 59.99€. Vale a pena frisar que, caso gostes das funções do Xbox Play Anywhere, na Steam não terás acesso a esta função. Mas relembro-te que a Steam também tem funções parecidas a esta.

Fica aqui com o trailer de Dead Rising 4!

Outros assuntos relevantes:

Nova variante do OnePlus 3T é praticamente impossível de se adquirir

LeEco Le X850 chegará por 250€ com Snapdragon 821 e ecrã QHD

O Xiaomi Mi6 pode ser adiado e a culpa é da Samsung!