Cyberpunk 2077: Estúdio critica processos judiciais e promete defender-se!

Abílio Rodrigues
Comentar

A produtora de Cyberpunk 2077 tem perfeita noção de que o lançamento do jogo não correu de feição e que tudo o que aconteceu terá deixado muitos fãs e investidores tremendamente insatisfeitos. No entanto, os responsáveis pela CD Projekt RED afirmam também que não fizeram nada que viole alguma lei federal, criticando os que já ameaçaram a companhia com processos judiciais.

Através de um comunicado, a CDPR promete defender-se de forma vigorosa do que considera serem ataques sem fundamentos, referindo-se concretamente ao primeiro processo avançado por um dos seus investidores.

Neste, o queixoso argumenta que os investidores foram enganados pela empresa acerca da qualidade de Cyberpunk 2077 antes do jogo ter sido lançado.

Processo judicial aponta o dedo a Cyberpunk 2077

The Polish video-game publisher of Cyberpunk 2077 said it will defend itself vigorously after an investor sued the company for allegedly misleading holders of its depository receipts and incurring losses https://t.co/PdpfdMkj1T

— Bloomberg Technology (@technology) 27 de dezembro de 2020

Mais concretamente, este homem refere que a CDPR usou indevidamente o dinheiro que colocou no estúdio para o desenvolvimento do jogo e que o seu estado deplorável em algumas plataformas lhe provocou enormes perdas financeiras.

Logo após a oficialização deste processo num tribunal de Los Angeles, as ações da CD Projekt RED voltaram a sofrer uma queda acentuada.

O processo pede ao tribunal que determine se a editora escondeu propositadamente os problemas do jogo com o objetivo de defraudar os investidores, causando-lhes desta forma danos económicos irreparáveis.

Segundo a Bloomberg, o queixoso não terá especificado quanto dinheiro perdeu com esta operação, por isso caberá ao tribunal decidir o valor da indemnização caso a decisão seja favorável ao acionista.

Investidores reclamam ter perdido dinheiro com Cyberpunk 2077

Como evidências das perdas financeiras foram apresentados dados sobre a desvalorização das ações da CDPR em bolsa no período que sucedeu ao lançamento do jogo.

O facto de Cyberpunk 2077 ter vendido muito bem apesar de todas as questões à sua volta pode fazer com que este processo em particular não tenha muitas pernas para andar.

A CDPR anunciou recentemente ter vendido 13 milhões de cópias em apenas uma semana (incluindo reembolsos), e são muitos os que elogiam o RPG nas plataformas menos afetadas por bugs e problemas de desempenho.

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.