Cuidado! Os chats privados do WhatsApp podem ser facilmente encontrados no Google

Carlos Oliveira
Comentar

Quando criamos um chat privado em qualquer rede social, esperamos que apenas os contactos convidados tenham acesso a eles. Esta parecia ser uma ideia bem definida, pelo menos até conhecermos o novo relatório da Vice.

De acordo com o que esta publicação está a informar, uma simples pesquisa no Google é suficiente para encontrar um chat privado do WhatsApp. Uma incrível falha de segurança que, uma vez mais, vem assolar a Facebook e as suas políticas de privacidade.

Um convite para estes chats privados não é mais que um URL com alguns caracteres mais específicos. Como sabemos, o Google é um enorme indexador de ligações URL e aquilo que está a acontecer é que estes convites estão a surgir na sua base de dados.

A culpa parece ser mesmo do WhatsApp

Este dado é importante referir para que não se comece já a crucificar a Google por este acontecimento. Ao que tudo indica, é o WhatsApp quem está a esquecer-se de "dizer" ao Google para não indexar as suas ligações privadas.

Em suma, a Google usa rastreadores para organizar e armazenar informação sobre websites na sua base de dados, onde se incluem URL´s. Os responsáveis pelos sites têm o poder de indicar à Google para não indexar aquela ligação. Pois bem, a Facebook (responsável pelo WhatsApp) tem saltado esse passo.

Sendo este o caso, será bastante simples para a empresa solucionar o problema. Esperemos que o faça rapidamente para que a nossa correspondência possa permanecer privada.

O mal deste cenário não é só o acesso indevido a correspondência que deveria ficar entre um determinado grupo de pessoas. Ao aceder a estes chats privados, é também possível recolher nomes, números e outras informações de contacto dos seus membros.

Google e Facebook ainda não comentaram esta falha de segurança

A Vice, responsável pela publicação desta história, contactou ambas as empresas sem sucesso. Há data da escrita desta notícia, nenhuma das duas quis tecer comentários sobre o sucedido.

A verdade é que esta notícia acaba por ser mais prejudicial para a Facebook do que para a Google. A empresa de Mark Zuckerberg tem estada envolvida em vários escândalos relativos à segurança dos dados dos seus utilizadores e este é mais um caso do género.

Editores 4gnews recomendam:

  • Facebook está a testar nova adição à sua interface! Vai ficar bem mais prático
  • Facebook Lite para Android começa finalmente a receber o desejado Dark Mode!
  • Twitter lança nova funcionalidade para facilitar adição de informação a tweets antigos
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.