Cuidado! Google Play Store continua infestada de Apps falsas que roubam dados! Diz McAfee

Filipe Alves
Comentar

A Google Play Store até pode ser um local mágico pela enorme quantidade de Apps que podes instalar no teu smartphone. Porém, nem todas as Apps são seguras. Este é um problema que a Google não tem sido propriamente proativa a resolver.

Segundo a empresa McAfee, pode ser encontrado neste momento Apps na Google Play Store que se disfarçam de Apps "verídicas" e que o seu único propósito é roubar informações dos utilizadores.

Apps "falsificadas" crescem 50% na Google Play Store

Malware

Segundo os mesmos dados, este tipo de Apps, que lhe vamos chamar de falsificadas, cresceram 50% em 2019. Os malfeitores fazem uma aplicação que em nada tem relacionado com a verdadeira App, mas colocam o mesmo "ícone" e uma descrição idêntica. Depois da sua instalação o utilizador fica imediatamente exposto.

O pessoal do McAfee referiu que "Foi possível identificar cópias falsas de aplicações como o Spotify ou até mesmo do game Call Of Duty, por exemplo. Além de roubar os dados, esses apps também infestam o celular da vítima com publicidade."

Qual o objetivo destas Apps

Algumas destas Apps simplesmente querem inundar o teu smartphone com publicidade. É mau, não digo o contrário, porém, há piores. Algumas destas Apps roubam os teus dados Google (ou Facebook) e publicam reviews no teu nome. Há ainda algumas Apps que tentam ir mais longe no roubo de dados, como já foi referido vezes e vezes sem conta.

Como te proteger

Toma atenção redobrada quando estás a instalar uma aplicação que nunca ouviste falar. Não te deixes enganar por uma App que apenas tem o logo idêntico e uma descrição igual. Vê reviews e quem é o desenvolvedor da aplicação antes de a instalares no teu smartphone.

A Google devia ter mais responsabilidade em monitorizar este tipo de comportamento dos desenvolvedores e aplicar medidas mais extremas para quem tenta burlar ou enganar os utilizadores.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.