Cuidado com a mais recente BURLA via SMS e que usa o nome da Netflix

Filipe Alves
Comentar

Os cuidados a ter com a Internet são muitos. Depois de no passado termos burlas em nome de bancos portugueses e lojas como a Worten ou Fnac, agora é a vez do nome da Netflix saltar à baila.

Ao que parece, muitos utilizadores estão a receber SMS's indicando que existirá o cancelamento do serviço Netflix. A única forma de tal não acontecer é efetuar o pagamento de naquele imediato de determinado valor.

A Netflix não te mandará SMS's deste género

Netflix burla SMS

Vale a pena frisar que a Netflix não te enviará algum tipo de SMS idêntico a este. Se por algum acaso não pagares o serviço, simplesmente não o conseguirás usufruir. O pagamento é feito no website ou na aplicação da Netflix.

O que acontece quando clicas no link da burla

Netflix burla SMS
Sms em nome da Netflix que é uma burla - Crédito abertoatédemadrugada

Com a SMS é enviado um link, quando o utilizador clica no link é encaminhado para um website idêntico ao da Netflix que "está preparado" para aceitar o cartão.

Netfliz sms
Para onde te encaminha o link - Crédito abertoatédemadrugada

Vale a pena referir para que NUNCA ponhas os dados do teu cartão depois de clicares em links ou de locais que não conheces. Ao meteres os dados do cartão, os burlões farão o resto.

O que fazer que já introduziste os dados

Se por azar caíste nesta burla, não te sintas mal. Muitos cairão. Contudo, a velocidade a que operas agora é essencial. Liga de imediato ao banco e cancela o cartão que introduziste os teus dados.

Se em algum lado introduziste o número de telemóvel, pede também ao banco para mudar o número de contacto. Podes mais tarde voltar a mudar para o teu números. Burlões podem conseguir criar uma segunda via do teu cartão e passar o segundo passo de autenticação.

Partilhar este tipo de informação é crucial para acabar com burlas

O website Aberto até de madrugada foi o primeiro a reportar a situação e é importante que os media e que as pessoas partilhem esta informação. Numa altura como estas, não faltarão malfeitores a tentar-se aproveitar de pessoas com menos conhecimento.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.