COVID-19: ataques informáticos "dispararam" durante a pandemia, afirma o FBI

Vitor Urbano
Comentar

Desde que começámos a "batalha" contra a pandemia do COVID-19, grande parte da população mundial entrou num período de quarentena, obrigando milhões de pessoas a adaptar-se à realidade do trabalho remoto. A grande maioria das atividades diárias dos utilizadores passaram a centrar-se na internet, deixando milhões de pessoas vulneráveis.

Como seria de esperar, com este aumento exponencial no número de utilizadores online todos os dias, hackers começaram a explorar novas formas de expandir as suas atividades. De acordo com o FBI, o seu departamento que gere queixas relacionadas com ataques informáticos viu o número de queixas aumentar até 300%.

A média de queixas diária antes da pandemia rondava os 1,000 relatos, tendo esse número aumentado para mais de 3,000 durante este período de quarentena.

Pesquisa sobre informação relacionada com o COVID-19 é a "arma perfeita" para hackers

Tonya Ugoretz, Diretora do departamento de Ataques Informáticos no FBI, revela que a nível global os utilizadores estão constantemente a pesquisar novas informações sobre o COVID-19. Com o aumento exponencial no número de pesquisas sobre este assunto, os hackers começaram rapidamente a tirar proveito da ingenuidade dos utilizadores.

Além de várias instituições de serviços humanitários (por exemplo a Organização Mundial de Saúde) terem reportado um grande aumento no número de ataques informáticos sofridos, também utilizadores comuns têm sido alvos de uma inundação de emails maliciosos.

No entanto, não são só os utilizadores privados e instituições de serviços humanitários que estão vulneráveis. De acordo com recentes informações, o governo alemão foi alegadamente alvo de um esquema fraudulento que resultou no roubo de vários milhões de euros.

O FBI, em conjunto com outras agências governamentais, começaram a alertar na passada quarta-feira sobre o grande aumento na probabilidade de ataques informáticos com origem na Coreia do Norte. Ugoretz afirma que é importante não olhar para estes avisos apenas como resultado da pandemia do COVID-19 e respetiva quarentena.

Editores 4gnews recomendam:

  • Aptoide foi hackeada! Se usas a aplicação muda de passwords AGORA!
  • Facebook Gaming: App para Android chega para desafiar o Twitch e Mixer!
  • Realme Narzo 10 tem lançamento adiado (novamente) devido à pandemia do COVID-19
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.