Cortana da Microsoft e Alexa da Amazon serão amigas no final do ano

Pedro Henrique
Amazon Alexa Microsoft Cortana
Alexa da Amazon VS. Cortana da Microsoft?

A Microsoft e a Amazon criaram uma parceria em torno das suas assistentes virtuais favoritas, Cortana e Alexa. As duas terão acesso uma a outra, permitindo que os utilizadores de ambas possam usufruir de dos benefícios de ambas.

Porque, sim. De facto, embora todas elas sejam bastante aceitáveis, uma ou outra - entre a Cortana, Alexa, Google Assistant ou Siri - têm as suas vantagens e desvantagens. Contudo, a partir de agora, um simples "Alexa, abre a Cortana" ou um "Cortana, abre a Alexa" mudará tudo.

Vê ainda: Apple iPhone 8 – smartphone poderá chegar às lojas a 22 de setembro

A ideia provem de Jeff Bezos, o segundo homem mais rico do mundo. Ao partilhar o mesmo modo de pensar de Satya Nadella, a Microsoft e a Amazon acabaram por se juntar de uma forma bastante original e muito útil para os utilizadores das assistentes de ambas as empresas.

Alexa e Cortana juntas!? Uma excelente estratégia da Amazon e da Microsoft!

Aliás, os utilizadores da Alexa sentir-se-ão uns sortudos por poderem usufruir de pesquisas no Google e no Bing, os dois motores de busca mais usados do mundo. Por outro lado, logo que esta realidade se torne isso mesmo, no final do ano, os utilizadores do Windows 10 poderão usar a Alexa nos seus computadores.

Por fim, Satya Nadella, CEO da Microsoft, e Jeff Bezos, CEO da Amazon, não rejeitam a possibilidade de se aliarem também às outras duas concorrentes. Se a Google e a Apple estiverem de acordo, as quatro poderão unir-se numa tentativa de fazer do universo virtual um lugar mais cómodo.

E claro, um oligopólio onde mais ninguém poderá entrar, nomeadamente a Bixby. No entanto, isso são outras conversas. Até lá, seria fantástico que estes recursos fossem aprimorados para Portugal.

Seja como for, obrigado Microsoft e Amazon pela iniciativa.

Outros assuntos relevantes:

Dica – Galaxy Note8 Apps para qualquer Samsung com Android Nougat

Samsung quer redefinir os padrões de normalidade da marca na IFA 2017

Samsung reforça setor o Gaming com o monitor CHG90 de 49 polegadas

Pedro Henrique
Pedro Henrique
Fã incondicional de tecnologia e cultura quer partilhar o conhecimento adquirido com todos.