Conta a tua história do OnePlus One e sê o primeiro a ter o OnePlus Two

Filipe Alves

oneplus históriaa

A OnePlus surgiu do nada o ano passado, uma marca que nunca ninguém tinha ouvido falar criou um smartphone, chamou o gadget de Flagship Killer, boas especificações e uma excelente campanha de marketing à mistura e voilá. Esta é a receita para ter sucesso no mundo móvel.

A empresa #chinaaopoder conseguiu criar um grupo de fãs enorme, uma legião de seguidores que preferem que chamem nomes à sua mãe que ao smartphone. Mas podes saber mais sobre o fanatismo neste artigo.

Honestamente e como utilizador e dono de um OnePlus não tenho muitos aspectos positivos para falar do terminal, tive um experiência infeliz. O terminal é realmente uma bomba, mas a falha de qualidade de construção e os constantes bugs em ROMs que aparentemente seriam estáveis, resumindo deixam qualquer utilizador com os cabelos em pé, no entanto, sei admitir que pelo preço, não encontrarás nenhum produto à altura do OnePlus One, bem.... Tens sempre o Iuni U3.

Por isso é que certamente não entrarei neste concurso da OnePlus era derrota à certa. A OnePlus quer saber a tua experiência e quer que tu contes a tua história com o OnePlus One em vídeo. Os criadores dos 3 vídeos mais originais terão um OnePlus Two nas mãos mal ele saia sem tretas de convites.

Se isso não é suficiente para ti, ganhas ainda uma viagem a Hong Kong com despesas pagas para conheceres a Base Central da marca #chinaaopoder.

Convencido? Passa aqui no link para saberes mais sobre este concurso e boa sorte, não te esqueças que se ganhares seria interessante a 4GNews estar em contacto contigo! =)

Esperemos que a OnePlus venha a melhorar o OnePlus Two, principalmente na sua qualidade de construção, e como fã de bezels finos e ecrãs não maiores que 5.2" seria também uma jogada interessante ver a OnePlus com o OnePlus Two voltar para os "smartphones" e sair das phablets.

Talvez queiras ver:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.