Conhece o cachecol "elétrico" que te aquece até 55Cº neste Inverno!

Filipe Alves
Comentar

O Inverno está a chegar. Enquanto que muitos anseiam a ceia de Natal, outros como eu, começam a imaginar o frio que nos afetará nos próximos meses. Por isso é que este cachecol elétrico que te pode aquecer até 55Cº saltou-me à vista.

O cachecol foi posto à venda na Youpin, loja kickstarter da Xiaomi, e merece toda a tua atenção. O gadget não é inteligente nem se liga ao smartphone. Contudo, é um cachecol bem melhor do que os outros.

Cachecol elétrico

Cachecol tem 3 tipos de temperatura

Poderás escolher 3 tipos de temperatura. O gadget tem uma pequena bateria dentro do tecido e uma liga que aquecerá todo o cachecol mas se concentrará no pescoço.

Poderás selecionar entre 42Cº, 48Cº ou 55Cº. Um clique no botão para a primeira temperatura, dois cliques para a segunda e três cliques para a temperatura máxima. Infelizmente não foi referido quanto tempo é que terás a temperatura, porém, posso presumir que chegará para umas horas. Poderás carregar o cachecol com uma entrada de 5V MicroUSB situada no centro do acessório.

Tens também algumas tonalidades de escolha. O padrão é diferente para tipos de gostos diferentes. Desde coloridos até mais clássicos.

Não te preocupes que o poderás lavar

cachecol elétrico

Tens uma bateria e entrada de MicroUSB a preocupação de o lavar existe. Contudo, segundo as informações na sua listagem, esse não será um problema.

Tudo isto por menos de 50 euros

O cachecol está à venda na Aliexpress por 46€. Um preço super vantajoso para algo que é mais do que apenas um tecido. Se nunca compraste na Aliexpress mas gostaste deste produto, dá uma vista de olhos no nosso tutorial de como comprar na Aliexpress de forma segura e sem alfândegas.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.