GTA V
GTA V

A Rockstar Games é a produtora de uma das franquias mais famosa do mundo, a Grand Theft Auto. Esta, que já foi protagonista de muitas polémicas, faz também um sucesso estrondoso, sendo que o jogo GTA V é um dos mais jogados na Steam. Porém, a Rockstar Games e a Take Two Interactive tiveram algumas ações recentemente que geraram muita polémica na comunidade o que levou a revolta dos fãs.

Caso não saibas, a Take Two Interactive é a proprietária da Rockstar Games e da 2K Games. Até há pouco tempo, as empresas de que esta empresa era dona produziam jogos muito acima da qualidade em relação ao que já existe no mercado, embora ultimamente tenham sido lançados alguns jogos que estão abaixo da média.

Vê ainda: Pokémon Go: O que esperar da próxima atualização

   

Uma das coisas que todos adoram no GTA V, mais precisamente do modo online desse jogo, é que a Rockstar Games costuma lançar DLCs gratuitas. É algo que, de facto, parece fenomenal, não? Poderia ser, mas o que muitos se esquecem é de reparar na desproporcionalidade em relação ao dinheiro ganho nas missões e aos preços do conteúdo proporcionado por essas DLCs.

Isto significa que os jogadores precisam de passar muitas horas a repetir as mesmas missões do GTA V, apenas para comprarem um carro das dezenas que existem no jogo. Esta desproporcionalidade poderia passar despercebida se não fosse o facto de existirem microtransações no GTA Online, em que podes comprar dinheiro do jogo com dinheiro real.

Por isso, torna-se notório que a Rockstar Games tenta forçar a compra das tais “Shark Cards” a alguns jogadores, que não possuem o tanto de horas livres para ganhar dinheiro suficiente para esse conteúdo. Os jogadores, para contornarem isso, usam os cheats ou mods. Através destas ferramentas, recebem dinheiro para que possam comprar o conteúdo disponível do jogo.

Como a Rockstar Games chateou a comunidade do GTA V?

Fazendo uma análise às ações da Rockstar Games e da Take Two Interactive, cheguei a uma conclusão. Como referido anteriormente, alguns jogadores usaram “meios alternativos” para obter dinheiro no jogo. Porém, no lançamento da nova DLC, esta retirou todo esse dinheiro aos jogadores, deixando muitos destes com as suas contas a perto de zero.

Isto poderá ter desencadeado alguma revolta entre os utilizadores, fazendo com que mudassem a sua análise na Steam para negativa, baixando muito a classificação do jogo. Contudo, poderá ter sido a menos notória visto que a Take Two Interactive deixou a comunidade de GTA modding revoltada.

A empresa, através dos seus advogados, resolveu lançar um ultimato aos criadores da ferramenta Open IV. Esta ferramenta serve para instalar os mods do jogo que adicionavam alterações e conteúdo. Dado o ultimato, os criadores da ferramenta não quiseram ir a tribunal com a Take Two Interactive e descontinuaram a mesma, o que gerou a tal onda de revolta.

O porquê da Take Two Interactive fazer isto é muito simples. A empresa acreditava que esta ferramenta possibilitava o uso de cheats no modo online de GTA V, estragando assim a experiência aos seus clientes. Esta ação poderia ser bem direcionada se não fosse o facto de que o OpenIV impossibilita completamente o teu jogo de ligar o modo online, fazendo com que o argumento da empresa seja inválido.

As análises ao GTA V que reduziram a classificação
As análises ao GTA V que reduziram a classificação

Devido às ações a Rockstar Games e da Take Two Interactive, fizeram a classificação do GTA V na Steam baixar bastante, o que é muito grave tendo em consideração que elas estavam muito positivas. Agora aguardamos a possível reação destas duas empresas, por isso continua atento à 4gnews!

Outros assuntos relevantes:

Asus Zenfone 4, Zenfone 4 Max e 4S estão mais perto que nunca

LG revela ecrã de 77″ polegadas OLED, curvo e transparente

Apple lança novo Beta do iOS 11 – Eis as novidades!

Desde que me lembro fui muito interessado em informática e em gaming. Agora procuro dar o meu contributo ao projeto 4gnews da melhor forma possível!