CEO da Xiaomi confirma segredo para ter smartphones tão baratos

Bruno Coelho
2 comentários

A Xiaomi tornou-se uma fabricante popular por oferecer aos seus consumidores produtos com um grande custo-benefício. Segundo o CEO da marca, Lei Jun, o segredo está no facto de a fabricante apenas ter uma margem de lucro de 8 a 9 por cento.

Para Lei Jun, o valor dos smartphones em geral vai tornar-se maior à medida que as marcas apostam na tecnologia 5G. No entanto, acredita que a Xiaomi vai conseguir aliar um preço competitivo à performance nos seus equipamentos.

Lei Jun
Lei Jun, CEO da Xiaomi

“Acho que a margem de lucro de 8 a 9% é muito baixa e tendo em conta que o nosso modelo de vendas é baseado no e-commerce, o preço que o consumidor final paga vai ser muito baixo”, afirma Lei Jun.

“A coisa mais importante é que a nossa margem de lucro bruto é muito baixa, e com um canal do meio muito curto, o preço final no mercado mantém-se bastante atrativo para quem compra”, referiu.

Xiaomi quer manter preços baixos com a chegada do 5G

A Xiaomi pretende assim manter a sua estratégia de vendas, mesmo com a chegada do 5G. De recordar que a Xiaomi é já a quarta marca mais vendida de smartphones a nível global.

Se a Xiaomi mantiver os preços competitivos aliados à qualidade, o consumidor final também ganha. E no final das contas, é isso que importa para quem compra um novo smartphone.

Editores 4gnews recomendam:

2 comentários
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.