CEO da OnePlus diz que "construir um carro é muito complexo"

Filipe Alves

Com a imagem do dia 1 de abril da OnePlus, muitos amantes da marca acreditavam que a marca asiática podia estar prestes a lançar um carro. A OnePlus deu-nos um teaser com as linhas de um automóvel (imagem abaixo) e curiosamente já não é a primeira vez que se fala dessa possibilidade.

Porém, o CEO da OnePlus, Pete Lau, deixou os rumores de lado para nos dar a sua visão sobre os automóveis. De acordo com as suas palavras "construir um carro é muito complexo". Porém, não deixou de lado a possibilidade de construir tecnologia 5G que ajude os futuros automóveis a comunicarem com os outros e com a estrada.

Carro OnePlus

A OnePlus não é a única a olhar para os automóveis

A OnePlus não é a única marca a olhar para os automóveis. Se no passado os telemóveis e os carros eram totalmente diferentes, o futuro parece aproximar os dois setores cada vez mais. Os automóveis são cada vez menos mecânica e mais tecnologia. Exemplo disso mesmo são os carros da Tesla. Um carro elétrico que vive de tecnologia inovadora. Tecnologia que as grandes empresas tecnológicas não querem passar ao lado.

Apple Car Play

Já se falou que a Apple está a trabalhar no seu sistema para carros autónomos. Espera-se também algo da Huawei. Aliás ainda ontem falamos que a Huawei pode estar prestes a revelar o seu primeiro carro.

A OnePlus é mais uma na luta por um lugar ao sol. Verdade seja dita, os vencedores do futuro setor automóvel serão aqueles que entram na Era tecnológica mais cedo que a concorrência. Ainda que os motores mecânicos sejam o desejo de muitos amantes desportivos, não há dúvida que os carros elétricos, silenciosos e autónomos serão o futuro. A OnePlus poderá até não construir o seu carro devido às dificuldades, todavia, é quase garantido que queria entrar numa batalha de software para o seu interior.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.