CEO da Realme faz promessa importante nos seus smartphones baratos

Bruno Coelho
Comentar

O 5G enquanto rede móvel que chegue à maioria dos consumidores, está longe de ser uma realidade para os portugueses. Mas como forma de assegurar o futuro, essa é cada vez mais uma característica preponderante quando se compra um smartphone.

Inicialmente começou por ser algo apenas exclusivo de equipamentos topo de gama. Mas em meados de 2021, já é possível encontrar smartphones abaixo dos 200 € com suporte para 5G.

Madhav Sheth promete 5G a partir de 170 € nos seus smartphones

O CEO da Realme, Madhav Sheth, fez esta semana uma promessa importante para os smartphones baratos da fabricante que lidera. Este prometeu que o 5G será uma realidade em todos os equipamentos a partir de 15 mil rúpias equivalente a 170 €.

I promise #realmeFans that going forward all the new realme products above 15K will be 5G only! 👉Flagbearer of realme’s 5G plans, #realmeGT will launch in this quarter with multiple GT products 👉We will also expand narzo series since it is truly the #DemocratizerOf5G pic.twitter.com/k5BNXkP5jY

— Madhav Max 5G (@MadhavSheth1) 7 de julho de 2021

Esta declaração foi diretamente direcionada para o mercado indiano, não tendo estabelecido um valor mínimo para equipamentos vendidos na Europa, por exemplo. Mas dará para termos uma boa ideia do que esperar dos próximos lançamentos da marca.

As linha Realme X e Realme Narzo, de topo, devem assim ter suporte garantido para 5G. Mas tanto os smartphones mais baratos da linha Narzo, como a linha C de gama baixa, devem manter o suporte máximo de 4G.

Segundo os dados mais recentes da Counterpoint Research, a Realme foi em maio a fabricante que mais smartphones com 5G vendeu na Índia. A nível global, recorde-se, é a Apple quem lidera a tabela à frente da Samsung.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.