Carta de Pokémon bate recorde em leilão! Não vais acreditar no preço

Vitor Urbano
2 comentários

São cada vez mais as notícias sobre items colecionáveis relacionados com o mundo dos vídeo jogos a alcançarem valores impensáveis em leilão. Depois de vermos um jogo original do Super Mario para a SNES alcançar um valor de 114 mil dólares. Agora, uma carta extremamente rara de Pokémon consegui alcançar mais do dobro desse valor.

Através de um site de leilões japonês, um utilizador americano pagou um total de 233 mil dólares por uma carta "Illustrator Pikachu"em perfeitas condições. Este é o novo recorde na venda de cartas Pokémon, que anteriormente estava estabelecido nos 195 mil dólares pela mesma carta.

Carta Pokémon leilão

O que torna esta carta de Pokémon tão valiosa

Tal como acontece na grande maioria dos casos em que um item colecionável é leiloado, para quem não é fã, é muito difícil de explicar estes valores exorbitantes. Mas tal como acontece em todos os segmentos, o seu preço é ditado pelo volume de oferta relacionado com o nível de procura.

Neste caso, é fácil explicar o porquê desta ser a carta mais cara de sempre no universo Pokémon, visto que foram apenas produzidos 39 exemplares. Além disso, estas cartas nunca foram introduzidas em packs disponíveis em lojas. Em vez disso, foram utilizadas como prémios numa competição que se realizou em 1998.

Curiosamente, o mesmo utilizador prepara-se para gastar mais um "dinheirão" em outro leilão para um set de três cartas "Secret Trainer" ultra raras. Neste caso, o valor está atualmente nos 195 mil dólares. Caso consiga ganhar também este leilão, o norte-americano vai gastar quase meio milhão de dólares em 4 cartas Pokémon.

Esperemos que depois de um investimento, não tenha a mesma sorte de um colecionador que no ano passado viu a sua carta Pokémon perdida pelos correios depois de gastar 60 mil dólares em leilão.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.