Carro elétrico da Xiaomi está cada vez mais perto. Sabe porquê

Bruno Coelho
Comentar

Nas últimas semanas noticiamos por algumas vezes a manifesta vontade de a Xiaomi se lançar pela primeira vez no segmento dos carros elétricos. E agora surgem duas informações que dão conta de que esse momento está cada vez mais perto.

Xiaomi quer usar a maior fábrica automóvel da China para fabricar os seus carros elétricos

Um exclusivo da agência Reuters dá conta de que a Xiaomi planeia fabricar os seus primeiros veículos nas instalações da Great Wall Motors. Esta é a maior fabricante de veículos privada da China.

A informação surge, segundo a fonte, através de duas pessoas diretamente ligadas ao processo. A ideia será fazer veículos elétricos com o seu próprio nome de forma massificada, e usar estas instalações é assim um processo natural.

É bom termos em conta, no entanto, que a Great Wall nunca ofereceu serviços de fabrico a outras fabricantes. No entanto, deve providenciar consultadoria de engenharia de forma a aligeirar o projeto, segundo as fontes.

Marcas "Xiaomi Auto" e "Xiaomi Automobile" já terão sido registadas

Embora a Xiaomi e a Great Wall se recusem a comentar o assunto, a fonte refere que a parceria entre ambas pode ser anunciada já durante a próxima semana. E esta ganha ainda mais força num dia em que o site chinês ITHome noticia que foram registadas as marcas “Xiaomi Auto” e “Xiaomi Automobile”.

Parece ser assim uma questão de tempo até a Xiaomi se aventurar no segmento de carros elétricos. Será esta uma possível alternativa barata à grande referência do mercado, a Tesla? O tempo vai responder a essas e outras perguntas. Mas pelo menos numa fase inicial, a Xiaomi deve atuar exclusivamente na China.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.