Carregamento rápido: vantagens, desvantagens e dicas de utilização

Mónica Marques
Mónica Marques
Tempo de leitura: 2 min.

Ninguém quer ficar sem bateria no smartphone em qualquer momento crucial. A pensar nisso, as marcas estão cada vez mais a apostar em suportes de carregamento rápido mais potentes e mais céleres na hora de alimentar a bateria.

Estes suportes têm as suas vantagens e desvantagens e neste artigo vamos explicar tudo o que precisas de saber sobre o carregamento rápido atualmente disponível e ainda dar-te algumas dicas para otimizares esta forma de carregamento.

Vantagens do carregamento rápido

imagem de um smartphone com carregador
Há alguns truques que podes utilizar para o carregamento rápido não desgatar tão depressa a bateria Crédito@MaheshPatel/Pixabay

1. Comecemos por explicar que o carregamento rápido costuma recorrer a uma maior voltagem, assim como ignora algumas fases de carregamento para levar as baterias, de forma mais célere, aos 100%. Este método de funcionamento traz essencialmente três vantagens. Em primeiro lugar, a poupança do tempo dos utilizadores. Um carregamento normal pode levar horas, mas os novos suportes conseguem colocar a bateria nos 50% em apenas 10 minutos e 30 minutos para uma carga completa.

2. A segunda vantagem é a maior produtividade. Com um smartphone que raramente morre, uma vez que pode ser rapidamente carregado, os utilizadores conseguem manter-se conectados e a produzir por um maior período de tempo.

3. Por último, a conveniência. Para utilizadores com uma vida bastante movimentada, a possibilidade de carregarem o smartphone enquanto almoçam ou até quando bebem um café, permite-lhes manterem-se conectados em qualquer altura e lugar.

Desvantagens do carregamento rápido

Ainda que as vantagens do carregamento rápido sejam bastante sedutoras, este tipo de suporte traz também consigo algumas desvantagens.

1. A mais óbvia é o desgaste mais rápido da bateria. Uma vez que o funcionamento do carregamento rápido implica uma maior voltagem e o ignorar de algumas fases do carregamento convencional, esse stress contínuo leva a uma degradação mais rápida da bateria.

2. O que nos leva diretamente à segunda desvantagem. Uma utilização demasiado frequente deste suporte pode reduzir a vida útil da bateria, obrigando o utilizador a substituir este componente se quer manter o mesmo smartphone.

3. Outra desvantagem é que a voltagem e o rápido fluxo de corrente do carregamento rápido podem gerar o sobreaquecimento dos equipamentos. Por essa razão, é crucial usar adaptadores certificados e de qualidade para evitar este problema de segurança.

Dicas para um carregamento rápido mais “saudável”

Mas com alguns truques podes minimizar as desvantagens do carregamento rápido. Segue estas dicas:

  • Usar adaptadores para carregamento oficiais ou certificados; preferencialmente, segue as recomendações de carregadores da marca do teu smartphone para garantir segurança e comunicação adequada com a bateria
  • Não usar o carregamento rápido durante todo o tempo que estiver ligado à eletricidade; se alternares entre suporte rápido e carregamento normal não desgastas tanto a bateria
  • Evitar temperaturas extremas; quando está muito calor ou muito frio, a utilização do carregamento rápido pode prejudicar a saúde da bateria do smartphone
  • Otimiza as configurações de bateria. Alguns equipamentos têm recursos para poupar a energia de bateria que ajudam a que sejam necessários menos carregamentos
  • Não carregues sempre o smartphone a 100%. Especialmente as baterias de iões de lítio sofrem com ciclos completos de carga. Limitar o carregamento a 80-90% pode aumentar a vida útil da bateria do smartphone
Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. monicamarques@4gnews.pt