Capas reafirmam o horrendo design do Samsung Galaxy S11 Plus

Filipe Alves
3 comentários

O Samsung Galaxy S11 Plus sairá de forma oficial no início de 2020. Ao que tudo indica a Samsung poderá revelar a sua nova de smartphones topo de gama já em fevereiro ou inícios de março.

Os rumores tem sido consistentes e hoje temos a fuga de informação de capas do Samsung Galaxy S11 Plus que reafirmam as escolhas de design de rumores anteriores.

Samsung Galaxy S11 Plus terá uma traseira irreconhecível

Samsung Galaxy S11 Plus

Os gostos não se discutem, porém, podemos admitir que o design deste smartphone será seriamente diferente dos antecessores. Podemos ver 5 câmaras traseiras colocadas no canto do equipamento.

É esperado que estas câmaras fiquem dentro de uma pequena elevação, ou corcunda, algo idêntico ao que a Apple lançou no iPhone 11 Pro.

Parte frontal idêntica ao Note 10

Samsung Galaxy S11 Plus

Podemos também perceber que o Samsung Galaxy S11 Pluys não seguirá as pisadas do Galaxy S10 Plus. Ou seja, não deveremos ter uma dupla câmara frontal no canto do ecrã.

Em vez disso, é possível que tenhamos apenas uma câmara frontal no centro do dispositivo. Algo idêntico ao que vimos no Galaxy Note 10.

Onde há fumo, há fogo

Samsung Galaxy S11 Plus

Por muito que não queiras credibilizar estas fugas de informação (acredita que também não quero) temos visto ao longo dos anos que "onde há fumo, há fogo".

Os rumores e fugas de informação chegam por esta altura e raramente estão errados. Esta é uma altura em que o smartphone já deve estar em construção ou na fase final de design. Por sua vez, os fabricantes de capas normalmente recebem o design dos equipamentos mais cedo para preparar os acessórios do smartphone ao tempo do lançamento do mesmo.

Editores 4gnews recomendam:

3 comentários
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.