pixel-announcement-840x469

Os novos Google Pixel e Google Pixel XL foram considerados pela sua detentora, aquando da sua apresentação, como tendo a melhor câmara fotográfica alguma vez empregue num smartphone. Será isto apenas uma mera manobra de marketing ou de facto a câmara de 12.3MP incluída neste par de smartphones é extraordinária?

Vê também: Afinal o ecrã do Samsung Galaxy Note 7 não risca assim tão facilmente

   

A resposta a esta questão só poderá ser dada com precisão quando começarem a surgir os devidos testes à mesma. A Google tem já vindo a publicar fotografias alegadamente tiradas com a câmara dos seus Pixel e Pixel XL, mas aqui, uma vez mais, pode não passar de puro marketing e as mesmas terem sido ou captadas com outro tipo de câmara ou editas à posteriori.

Mas acreditando na afirmação da Google de que estamos perante a melhor câmara num smartphone, muitos interrogam-se por que razão a estabilização ótica da imagem ficou de parte. Bem, a Google afirma agora que tal não seria necessário, pois as câmaras dos Pixel e Pixel XL são já boas o suficiente com pouca luminosidade.

Esquemas de cor
Esquemas de cor

Esta afirmação tem todo o sentido, pois o principal objetivo da estabilização ótica da imagem é eliminar o agitar da nossa mão enquanto a câmara está a captar uma imagem com uma longa exposição. Ao invés desta tecnologia, os Pixel´s possuem EIS (estabilização eletrónica da imagem) e esta sim é concebida para manter um enquadramento consistente de todos os frames captados quando estamos a gravar vídeo. Simplificando as coisas, a OIS é concebido para melhorar a qualidade das nossas fotografias, ao passo que a EIS melhora a qualidade dos vídeos captados.

Mas esta última tecnologia tinha um senão em equipamentos como o Nexus 6P, que felizmente, nos Pixel´s foi ultrapassado. No caso do equipamento apresentado em 2015, para que a imagem tivesse a devida estabilização, a resolução desse mesmo vídeo não poderia ultrapassar os 1080p. Mas este obstáculo foi ultrapassado nos Pixel e Pixel XL, tendo a Google conseguido alcançar a devida estabilização mesmo na gravação a 4K, embora não tenha especificado como.


Se és uma daqueles que critica afincadamente a Google por não ter incluído OIS nos seus novos Google Pixel e Google Pixel XL, talvez seja hora de repensares a tua posição. Acontece que, afinal de contas, a estabilização ótica da imagem não é tão necessária, nestes equipamentos, tanto quanto muitos julgariam.

Talvez queiras ver:

Samsung ajusta a produção do Galaxy Note 7 e suspende os envios por tempo indeterminado

Xiaomi Mi Max Prime é discretamente anunciado oficialmente

Software de recuperação de informações: Temos 10 licenças para oferecer