Samsung revela agora todos os segredos da câmara dos Galaxy S9

Rui Bacelar
Samsung Galaxy S9 Android
Tal como a pupila humana, também a lente do novo smartphone será capaz de reagir a diferentes intensidades luminosas.

A Samsung tem um sensor fotográfico completamente novo no seu Samsung Galaxy S9 e Galaxy S9+. Agora, a fabricante sul-coreana revelou todos os detalhes e características técnicas deste mesmo sensor. Está na hora de por um ponto final na especulação em torno desta nova câmara.

Verdade seja dita, para além de um novo processador (Exynos 9810) e as novas câmaras, tudo o resto não passa de pequenos aperfeiçoamentos e ajustes. Não nos interpretem mal, os Samsung Galaxy S9 denotam um imenso potencial mas a verdade é que são muito semelhantes aos Galaxy S8. Para o bem, ou para o mal isso fica ao critério de cada um.

Vê ainda: Sabes qual é a grande novidade dos novos S9? A câmara, detalhada.

Algo que efetivamente merece destaque é a capacidade, em ambos os topos de gama, de gravarem vídeo em HD (720p) a uns incríveis 960fps. Algo que os novos Sony Xperia XZ2 também conseguem fazer, ainda que com algumas nuances de diferença. Mais concretamente, na captura de vídeo em câmara super lenta, os S9 sabem exatamente quando começar e parar de gravar. Pequenos "truques" para auxiliar o utilizador.

De uma forma muito sucinta, a fabricante sul-coreana apresenta-nos agora os detalhes do sensor ISOCELL Fast 2L3 que já em outubro de 2017 foram anunciados. Ora, algo que merece a nossa (e a vossa) atenção é o facto de estes sensores com 12MP de resolução terem o seu próprio chip de memória DDR4.

Gravação de vídeo a 960fps exigiu uma solução criativa da Samsung

Ora, porque é que um sensor fotográfico tem um chip de memória incorporado na sua board? Note-se que esta memória DDR4 está colocada debaixo da board analógica que processa o sinal elétrico oriundo do sensor. A memória DDR4 está ali colocada para agilizar todo o processo de conversão do sinal analógico em sinal digital. Da "luz" para os "zeros e uns". Ora, é esta gravação a 960fp (câmara lenta) que exige que uma enorme quantidade de imagens (frames) sejam guardadas numa fração de segundo. Pois bem, guardar toda esta informação na memória RAM do smartphone iria congestionar o Samsung Galaxy S9 / S9+.

Câmara é o grande trunfo dos Samsung Galaxy s9

Samsung Galaxy S9
A câmara dos novos topos de gama é um dos seus maiores trunfos.

Para que tal não aconteça, a Samsung implementou este chip de memória logo no circuito da câmara. Dotando-a de praticamente todos os recursos necessários para a gravação em 960fps em HD. Depois, dentro deste modo de captura de vídeo, o utilizador terá vários modos para criar e usufruir destas gravações nos Samsung Galaxy S9.

Cumpre salientar que a Sony utiliza uma abordagem algo semelhante nos seus smartphones. Vejam-se os novos Sony Xperia XZ2 ou o antigo topo de gama, o XZ Premium. Todavia, a Samsung está um passo à frente. Utiliza também este módulo de memória extra para poder monitorizar o movimento de objectos rápidos. Desta forma, evitará o desfoque e o efeito gelatina que são demasiado comuns na gravação de vídeo em câmara lenta.

Samsung Galaxy S9, a câmara re-imaginada

Mais ainda, este módulo de memória extra dota os Samsung Galaxy S9 de uma nova tecnologia. Chama-se 3-Dimensional Noise Reduction (3DNR) e é exatamente o que o nome sugere. Redução de ruído (digital), aperfeiçoada. Conseguirá, nas fotografias, umas imagens com mais brilho. Com menos ruído digital (o grão) e um modo HDR refinado em tempo real.

Melhorias que tornarão os Samsung Galaxy S9 e Samsung Galaxy S9+ em dois dos melhores smartphones para fotografia móvel. E claro, ainda ontem aqui explicamos tudo sobre a abertura variável da lente.

Este é outro dos grandes trunfos dos novos topos de gama Android. A sua lente será capaz de se ajustar à intensidade luminosa. Isto de forma automática (software), sendo a abertura regulada por um processo mecânico (hardware). Está presente na câmara principal dos Samsung Galaxy S9 e Samsung Galaxy S9+ e possui dois valores padrão para a abertura. Desde o brilhante f/1.5 ao mais preciso f/2.4.

E até os Emojis em Realidade Aumentada

Samsung Galaxy S9 Android
Os novos "AR Emoji", uma das novidades apresentadas pela marca.

Num pequeno aparte, o Samsung Galaxy S9+ está equipado com um segundo sensor fotográfico na sua traseira. Este, dota-o de uma lente Telephoto de 2X (zoom ótico de duas vezes). O segundo sensor conta com uma resolução 12MP, com Auto-Focus. A sua abertura focal é de f2/4, lente menos brilhante (do que a lente principal que atinge um valor de f/1.5) mas mais precisa. Ambas as câmaras são dotadas de OIS (estabilização ótica da imagem).

Vê ainda: Samsung Galaxy S9, nova estrela já é oficial!

E por último...Emojis em Realidade Aumentada. A Samsung permite aos utilizadores criar emojis que se pareçam, soem e ajam tal como eles. Os Emojis em Realidade Aumentada utilizam um algoritmo de machine learning. Capaz de analisar uma imagem do utilizador em 2D e mapear mais de 100 características faciais. Isto para criar um modelo 3D que reflita e imita expressões. Como por exemplo o piscar de olhos ou movimentos da cabeça, para conseguir uma verdadeira personalização.

Afinal, as melhorias na câmara fotográfica eram ainda maiores do que o inicialmente previsto. A câmara foi mesmo re-imaginada nestes novos dispositivos da maior fabricante mundial de smartphones. Parabéns.

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.