A BQ é uma das minhas empresas de smartphones preferidas e por isso é que me senti um pouco “traído” quando tive de fazer a review a este BQ Aquaris V. Não quero com isto dizer que o terminal é mau, ou que não merece a consideração, simplesmente acho que a empresa espanhola desviou-se por completo do caminho que estavam a seguir.

O meu gosto pela BQ cresceu exponencialmente este ano quando tivemos a oportunidade de testar o BQ Aquaris X e X Pro. Os terminais não eram perfeitos, mas verdade seja dita, conseguiram-me surpreender e sei que quem os comprar ficará satisfeito, já o mesmo não posso dizer sobre este BQ Aquaris V.

Vê ainda: Motorola Moto G5s Plus recebe importante atualização do Android

O novo smartphone da BQ deverá ser um dos primeiros a receber Android Oreo e o Sistema Operativo deste terminal é tão bom quanto se esperava. A BQ manteve-se simples e eficaz. Interagir com o User Interface do dispositivo é basicamente utilizar um Android puro.

BQ Aquaris V Review | Um passo atrás para a BQ

A BQ optou por não adicionar tretas de User’s Interfaces (cof cof Wiko) que simplesmente acabarão por danificar a utilização ao longo do tempo! Este é um dos pontos a favor deste BQ Aquaris V. Se queres um terminal com bom preço e uma fluidez aceitável, este gadget é indicado a tal.

O processador Qualcomm Snapdragon 435, as 3GB de RAM (modelo testado) serviram para uma utilização de qualidade. Sem grandes velocidades no multi-tasking, mas aceitável.

Se até agora falei o que acho que a BQ fez bem, está na hora de me focar naquilo que este BQ Aquaris V tem de errado. Aliás, não é só o que tem de errado, é o facto da BQ ter simplesmente descarrilado por completo nos planos que já tem vindo a fazer ao longo dos anos.

A qualidade de construção é de qualidade. O dispositivo aguentou com duas quedas (não intencionais) e provou porque é que merece ser posto em consideração. O Aquaris V é construído maioritariamente em metal com os cantos para que as antenas de rede possam fazer o seu trabalho.

Se na qualidade de materiais até se saiu bem, o design é simplesmente pouco inspirado. Sempre gostei que a BQ fosse igual a si própria. Os seus designs mostravam irreverência e vontade de ser diferentes. Mostravam que dedicavam tempo das suas reuniões a discutir qual o melhor para o consumidor, já este BQ Aquaris V mais parece um terminal oriundo da china renomeado.

São dezenas os terminais que tem um design assim idêntico, podemos olhar para um LeEco S3. Quero com isto dizer que não me pareceu que este BQ Aquaris V teve muito pensamento e vontade.

O ecrã de 5.2″ polegadas HD tem um bom haptic-feedback e uma boa auto-luminosidade, contudo, os contrastes são pouco intensos, as cores são deslavadas e a definição está longe de ser igualada a concorrentes do mercado asiático.

As suas especificações num vislumbre:

  • Ecrã de 5.2″ polegadas IPS
  • Resolução HD 1280 x 720p
  • Processador Qualcomm Snapdragon 435
  • 2GB/3GB de memória RAM
  • 16GB/32GB de armazenamento interno
  • Bateria de 3100 mAh
  • Android 7.1 Nougat
  • Câmara traseira de 12MP
  • Câmara frontal de 8M

A câmara fotográfica é um pau de dois bicos. O smartphone é de 200€, ou seja, não podemos esperar resultados fantásticos, porém, o histórico da BQ prometia uma câmara acima da média para o preço e infelizmente este não é o caso.

Das poucas fotografias que saiu de forma aceitável

Até consegues tirar fotografias minimamente aceitáveis, todavia, o cenário tem de ser perfeito. A luminosidade do local tem de ser boa, os contrastes também e tens de ter uma mão de aço para não tremer com o HDR activo. Se quiseres tirar a fotografia a um sujeito, tens de rezar que não haja movimento. Ou seja, a câmara traseira de 12MP não é fantástica e ficou longe daquilo que estava à espera.

Todas as fotografias aqui

Não vou perder muito tempo na câmara de 8MP frontal porque a situação é a mesma. O flash frontal ajuda a disfarçar o grão mas não te dará uma boa fotografia.

A bateria é outro ponto que tenho de tocar de uma forma forte! A autonomia é boa, o carregamento rápido é de qualidade mas a entrada MicroUSB é imperdoável. Quando a BQ lançou os modelos X acreditei que era desta que a sua frota ia olhar para o futuro. Ver este BQ Aquaris V com um MicroUSB é simplesmente desapontante.

Só não percebo onde é que este BQ Aquaris V encaixa!

Não consigo perceber onde é que este smartphone encaixa na oferta da BQ. A empresa espanhola não é grande por isso não só pode dar ao luxo de lançar 40 smartphones ao ano, assim sendo, é bom que quando lançam, consigam oferecer boas possibilidades.

Temos o X Pro para o gama-média /alta e o Aquaris X para os gama-média. Os Aquaris U e U Plus são os seus gama de entrada com um preço aceitável pela performance exigida. Este no BQ Aquaris V vai para onde?

A evolução do BQ Aquaris V para o U Plus não é muita, o processador é ligeiramente superior mas nada demais. E tirando pequenos reparos aqui e ali, nada me diz para investir neste em vez do U Plus, aliás preferi o U Plus em quase tudo.

É bom ver um smartphone barato com um bom GPS, com NFC e com um rápido leitor de impressões digitais, mas não é bom ver uma marca como a BQ, que está a fazer um bom trabalho, a descarrilarem-se simplesmente para mandar mais um smartphone para o mercado!

Assuntos relevantes na 4gnews:

Câmara do Razer Phone receberá melhorias nas próximas semanas

Personaliza o teu Android com estes pacotes de ícones na Play Store 

Samsung alargará os testes do Android Oreo a novos países

Pontuação 4gnews
Pontuação final 4gnews
6.7
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.