Bosch quer revolucionar as smartbands com chip de inteligência artificial

Vitor Urbano
Comentar

As smartbands e outros gadgets de monitorização de atividade física apresentaram uma grande evolução ao longo dos últimos anos, ganhando inúmeras funcionalidades. Muitas delas conseguem mesmo reconhecer quando começas uma nova atividade física e de que atividade se trata.

No entanto, nem sempre esse reconhecimento é feito de forma fiável e não é possível "aprender" novas atividades que não tenham sido já programadas. A Bosch pretende conseguir isso mesmo, através do seu novo chip de inteligência artificial BHI260AP. Além de conseguir detetar automaticamente o início de atividades físicas, vai também conseguir aprender novos tipos de atividade.

Como vai o chip da Bosch conseguir aprender novas atividades?

Graças às tecnologias de inteligência artificial utilizadas neste chip, a Bosch vai fazer com que este consiga criar um catálogo de atividades físicas que nunca foram programadas de fábrica. A forma como funciona é até bastante simples, mas poderá revolucionar a forma como utilizamos as nossas smartbands e smartwatches.

Através da forma como o utilizador se movimenta, o chip consegue identificar o tipo de atividade física que é realizado. No entanto, caso não reconheça os movimentos, o chip vai continuar a registar toda a atividade.

Após a sessão de treino, o utilizador pode indicar qual a atividade que estava a ser realizada. Assim, sempre que o chip detetar os mesmos movimentos, será capaz de identificar o tipo de atividade, mesmo que esta não tivesse sido pré-programada. Desta forma, será possível não só aprender novos tipos de treino, mas também reforçar o conhecimento do gadget em atividades físicas já conhecidas.

A Bosch adianta ainda que este chip tem um formato tão compacto que, poderá ser até utilizado em earbuds. Ou seja, em breve poderemos vir a dar as boas vindas a earbuds com suporte para monitorização de batimento cardíaco e também de atividades físicas.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.