Boruto

Depois do final de Naruto, e de mais de 15 anos de história e aventura, Boruto pareceu uma porta que não quereria abrir por completo, pelo menos para já. Contudo, não foi bem isso o que aconteceu.

Vê ainda: Próxima temporada de Game of Thrones contará com a intervenção de Ed Sheeran

   

De facto, ao fim de cinco semanas e, por isso, de cinco episódios de Boruto, é (muito) bom ver que a série tem pernas para andar. Ainda agora começou, mas a pequena aventura do filho do Sétimo Hokage parece ser bem interessante nem que mais não seja pelos 20 segundos iniciais, mais coisa menos coisa, do episódio número 1.

Aqui, feliz ou infelizmente, ficamos a saber que tudo que veremos, entretanto, será uma analepse. Agora, resta saber o quão longa, ou breve, ela será. Aquele início em que vemos Boruto e Kawaki é tão intrigante. Por tantos motivos. Quem é Kawaki? Onde estará Naruto nesse momento? O que são os selos que Kawaki e Boruto têm no corpo? Estas são apenas algumas perguntas de uma lista gigante que deriva de duas dezenas de segundos no início da nova série.

Boruto

Deixando as teorias de parte ou, pelo menos, para outro artigo, há muito mais por onde explorar em Boruto. Em particular, vê-se que num primeiro plano o objetivo passa por descrever o dia-a-dia de Boruto e dos seus amigos, mais do que aconteceu com Naruto (Clássico). E claro, isso pode ser um pouco cansativo, à priori, mas parece não vir a ser esse o caso.

Para além disso, é passível de ser observado que, embora semelhantes, os pequenos ninjas, ainda na academia, são bem diferentes dos seus pais, um pouco mais um pouco menos, por vários motivos. Já conhecemos o Boruto, o Shikadai, o Metal Lee e um pouco sobre o Inojin. Até o Iwabe, o repetente da turma, já nos deu a conhecer um pouco da sua personalidade altamente distinta. E o que têm a dizer os fãs da Sarada? A sua maturidade e capacidade intelectual são fantásticas e deverão deixar muita gente de boca aberta num momento posterior, nomeadamente na realização do Exame Chunnin.

E agora, mesmo no final deste quinteto, apareceu Mitsuki. A sua personalidade é desconhecida, mas intrigante. Será, sem dúvida, pelo menos numa primeira fase de toda a nova aventura, a personagem que mais intervirá, para o bem e para o mal, além de Boruto é claro.

Na minha opinião, ao contrário do que aconteceu com Naruto, Boruto é, sem dúvida, uma das minhas personagens favoritas. A sua personalidade é incrível. Boruto tem o rótulo oposto ao que tinha o pai na sua idade. É um rapaz que, embora se esforce o suficiente para ser bem melhor que alguém que diga o contrário, vê todo esse esforço é remetido para o facto de ser filho de quem é. Mais, Boruto diz querer construir o seu próprio caminho sem que tenha de estar associado ao seu pai, algo que é demonstrado num dos episódios iniciais.

“O filho do Hokage” – o rótulo que Boruto quer apagar!

Os cinco primeiros episódios foram bons. O maior senão é o facto de as personagens que tanto gostávamos terem intervenções mínimas e aquela que interage mais, por ser professor na academia dos novos pupilos, é Shino. O pior é saber que só haverá, pelo menos, mais 34 episódios até ao final de 2017.

Ou seja, ainda vais muito a tempo de apanhar este comboio. E não, não te preocupes. Se não foste um fã de Naruto não tens de ter medo de ver Boruto. São dois Animes diferentes e independentes na sua génese. Cinco já passaram, daqui a cinco episódios estou de volta com um novo artigo.

Vê também: Prison Break: Conseguirá Michael cumprir uma nova missão?

Queres ver mais artigos semelhantes? Dado que é a primeira vez que escrevo um artigo deste género, deixa a tua opinião nos comentários. Espero que tenhas gostado.

Outros artigos relevantes:

Sony Xperia XZ Premium testado no Geekbench, resultados prometem!

WhatsApp deixou de funcionar? Calma, tudo voltará à normalidade!

Leak da ESRB revela Call Of Duty: Black Ops 3 Zombies Chronicles

Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.