BOE revela monitor com taxa de atualização que te vai deixar pasmado

Carlos Oliveira
Comentar

A BOE é uma empresa chinesa que se dedica ao desenvolvimento de ecrãs. Os seus produtos podem ser encontrados em vários smartphones de origem oriental, como no mercado dos monitores para gaming.

Agora, segundo aponta o site BOE Innovation Exchange, a empresa chinesa revelou um protótipo do monitor mais impressionante de sempre. Um produto que se destaca pela sua incrível taxa de atualização de 500 Hz.

Chegou o primeiro monitor do mundo com taxa de atualização de 500 Hz

O recorde neste segmento já pertencia à BOE e ao seu monitor gaming com 360 Hz. Esta era já uma taxa de atualização impressionante, mas a empresa chinesa considerou ser altura de elevar ainda mais a fasquia.

BOE

Assim nasce o primeiro monitor com uma impressionante taxa de atualização de 500 Hz. Isto significa que a imagem reproduzida neste painel será atualizada 500 vezes por segundo.

Para salientar ainda mais o absurdo destes valores, a tua gráfica terá de enviar um fotograma a cada 2 milissegundos para tirar total proveito deste monitor. Em comparação, um monitor de 144 Hz recebe um fotograma a cada 6,95 milissegundos.

O protótipo revelado pela BOE conta com um painel com 27 polegadas de diagonal. A sua resolução será Full-HD, o que significa que a empresa focou-se mais na taxa de atualização do painel do que na sua resolução.

Relativamente à tecnologia desse ecrã, a empresa não foi clara na sua descrição. Sabe-se apenas que não será OLED, com todos os pormenores técnicos revelados a apontar para um painel TFT.

A revelação de um monitor com tamanha taxa de atualização leva-nos à mesma discussão da diferença entre em painel 4K e 8K. Ou seja, será que o utilizador conseguirá notar a diferença entre um painel de 360 Hz e um de 500 Hz?

A resposta só poderá ser dada quando um monitor com estas capacidades for disponibilizado para venda. Contudo, nada nos garante que o protótipo desvendado pela BOE se transforme num produto para comercialização.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.