Este é o Bluboo S1. Na nossa review utilizei este terminal como smartphone diário por duas semanas, o que me bastou para perceber os seus “Prós” e “Contras” deste “Xiaomi Mi Mix” com preço acessível.

O novo smartphone da empresa chinesa é um dos mais populares no mundo online e por boas razões. O Bluboo S1 oferece um design irreverente e um preço que poucos conseguem competir.

   

Sabe mais sobre preços e envios aqui

Embora não seja perfeito, este smartphone com o design severamente inspirado no flagship do ano passado da Xiaomi, dá-nos boas razões para rasparmos o cartão.

Um olhar ao design e construção do Bluboo S1

Bluboo S1 Review | O "Xiaomi Mi Mix" com preço acessível!

O Bluboo S1 é um terminal com uma construção impressionante para o seu preço. Fiquei deveras entusiasmado quando o tirei da caixa e o peguei pela primeira vez. O smartphone é robusto com uma construção em acrílico que o faz mostrar qualidade.

Se escolheres o modelo em preto tem em conta que é um terminal que se suja muito facilmente. Embora muito elegante, as dedadas gordurosas acabam por estragar um pouco a sua beleza.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

Mesmo assim, tenho de dar uma nota positiva à sua construção. A Bluboo já mostrou no passado que nos consegue dar terminais de excelente construção por um bom preço e este Bluboo S1 é sinónimo disso mesmo.

O clique nos botões é também ele e qualidade. Quando pegamos num smartphone abaixo de 150€ raramente se espera que consiga surpreender na construção e design, este Bluboo S1 surpreendeu-me nos dois.

O ecrã do Bluboo S1 que tal?

Este ecrã é a jóia de coroa do Bluboo S1. O dispositivo dá-nos um ecrã de 5.5″ polegadas Full HD e o facto de oferecer margens reduzidas dão-nos uma irreverência difícil de encontrar pelo valor apresentado.

Embora muito bonito, o ecrã não é perfeito. O terminal tem falta de contraste e está longe de ter uma saturação agradável. Embora ofereça uma qualidade aceitável mesmo quando tem luz a incidir diretamente na tela e a definição Full HD seja de qualidade, poderia ser melhor na densidade e contraste das cores.

E as câmaras do Bluboo S1?

Eu sempre disse que as câmaras fotográficas eram o problema dos dispositivos de gama-baixa e gama-média. Aqui o assunto é o mesmo. O Bluboo S1 está longe, mas muito longe, de oferecer uma qualidade aceitável.

Efeito bokeh vergonhoso!

As câmaras não oferecem qualidade de imagem, rapidez ou até efeitos que mereçam destaque. Com dois sensores traseiros seria de esperar que o efeito bokeh fosse agradável, contudo, a falta de qualidade no software da câmara dá-nos resultados medíocres. Se gostas de fotografias bem tiradas com o smartphone não vás para este dispositivo.

Na performance, vale a pena?

O Bluboo S1 conta com especificações muito aceitáveis no seu interior. A pontuação de 65 mil pontos nu AnTuTu anteviam um dispositivo de qualidade na performance, porém, não se pode dizer que tal acontece.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

O Sistema Operativo Android está “mascarado” com o User Interface da Bluboo, UI este que simplesmente não está preparado para sair para o mercado. O User Interface faz do smartphone mais lento do que o esperado e com fechos nas aplicações repentinos e desagradáveis.

Depois de instalar um launcher resolveu a maior parte das situações indesejadas, mesmo assim, está longe de dar jus às especificações que embarca.

As suas especificações num vislumbre:

  • Ecrã de 5.5″ polegadas IPS
  • Resolução FHD 1920 x 1080p
  • Processador Helio P25 2.5GHz
  • 4GB de memória RAM
  • 64GB de armazenamento interno
  • Expansível via microSD
  • Bateria de 3500 mAh
  • Android 7.0 Nougat
  • Câmara traseira de 13MP + 3MP
  • Câmara frontal de 5MP

É possível que com uma pequena atualização este Bluboo S1 fique de acordo com as minhas expectativas. Até lá, não posso aconselhar este smartphone a quem pretende utilizar de forma severa.

É um excelente smartphone para segundo equipamento ou para utilizações moderadas, mas não mais do que isso.

Mas é só isto?

O Bluboo S1 oferece uma excelente qualidade de chamadas, um leitor de impressões digitais muito correcto mas com alguma lentidão e carregamento rápido com USB-C. Mas atenção com a este USB-C. Embora seja uma “entrada universal”, a entrada USB é ligeiramente maior, o que não o faz compatível com outros cabos USB-C.

A bateria de 3500 mAh é mais do que suficiente para um dia de utilização e não me parece que sintas problemas com tal.

Poderás sentir problemas se fores amante de áudio, isto porque o terminal não oferece entrada 3.5 jack, ou seja, terás de o conectar pelo dongle (incluído na caixa). Lembra-te que comprar earphones USB-C não te livrará de nada porque a entrada, como referi, é um pouco maior e diferente dos normais USB-C.

Em suma, este é um excelente terminal para o preço apresentado e aconselho vivamente a sua compra se não fores um utilizador hardcore. O dispositivo oferece um design difícil de igualar e ficarás orgulhoso de o tirar do bolso e dizer quanto pagaste por este bom pedaço de tecnologia.

Outros assuntos relevantes:

TCL T32M6C- Review/Análise – Monitor Curvo de 32″

Samsung Galaxy J5 (2017) & Samsung Galaxy J7 (2017) – Review/Análise

Bq Aquaris X Pro Review | O melhor da Bq até ao momento!

Pontuação 4gnews
Design
8.5
Qualidade de Construção
7.5
Ecrã / Tela
6.5
Performance / Desempenho
6
Interface
4
Câmara
4.5
Bateria
7
Qualidade / Preço
8
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.