BlackBerry volta a ter os dias contados! O que falhou?

Filipe Alves
1 comentário

A BlackBerry já foi a empresa que mais vendia "smartphones" (na altura chamados de PDA) em todo o planeta. Porém, a empresa falhou ao não acompanhar a revolução tecnológica que o iPhone e o sistema Android criaram.

A empresa acabou por não se conseguir vingar e deixou, lentamente, de fabricar smartphones. Até que a TCL entrou a bordo para tentar levar o nome da BlackBerry novamente às luzes da ribalta.

BlackBerry KeyOne foi o perfeito exemplo de fracasso

Sou um amante do BlackBerry KeyOne. Tive o smartphone para review e adorei o meu tempo com ele. Contudo, já naquela altura as fracas especificações para o preço solicitado (preço quase topo de gama com especificações de gama média) fazia da sua compra pouco atrativa.

Nem a nostalgia ganhou a batalha. Continuo a achar que o teclado dos BlackBerry deviam voltar e continuo um amante dos seus smartphones. Porém, esperei e esperei por um topo de gama e nada apareceu. Pois bem, parece que também não aparecerá no futuro.

Faltou coragem de inovação e humildade à BlackBerry

Não lhe vou tirar o mérito por lançar um smartphone com teclado. Algo que os outros já há muito não faziam. Porém, continuo a achar que faltou coragem à BlackBerry para envergar o verdadeiro Android como sistema operativo.

A marca não investiu nos topo de gama porque não tinha coragem de competir com os tubarões, todavia, lançou um intermediário com um preço bem acima do esperado. Isto porque acreditavam que o nome "BlackBerry" ainda era sonante. Pois bem, foi um erro.

TCL abandona a BlackBerry e este poderá ser o fim

BlackBerry KeyOne

Foi em 2015 que tivemos o primeiro BlackBerry com o sistema Android. O Priv prometia muito e uma nova mentalidade da poderosa empresa. Porém, nem com o sistema Android a BlackBerry conseguiu voltar da melhor forma.

Hoje a empresa anunciou que a TCL, dona da Alcatel, deixará de fazer parte da construção, desenvolvimento e distribuição dos smartphones da BlackBerry.

Ou seja, em termos práticos, este poderá ser o fim da BlackBerry. E agora é de vez. O comunicado refere, contudo, que os utilizadores dos seus smartphones continuarão a ter atualizações e suporte até 2022.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.