Bezos Gates Amazon Microsoft
Bezos, CEO da Amazon, que ultrapassou Gates da Microsoft por algumas horas

Bill Gates foi, e é, o homem mais rico do mundo. Porém, ante-ontem viu esse título ser-lhe retirado pelo CEO da Amazon, Jeff Bezos. O pai da Microsoft, depois de muitos anos, perdeu o seu trono, ainda que por pouco tempo.

De facto, a cotação em bolsa no início de quinta-feira permitiu que tal acontecesse. As ações da Amazon registaram um aumento do seu valor em 1,3 pontos percentuais e, consequentemente, permitiram que Bezos alcançasse uma riqueza aproximada de 90,9 mil milhões de dólares.

Vê também: Patente da Apple promete óculos de Realidade Aumentada

   

Ora, o novo segundo classificado na tabela dos mais ricos – por breves horas -, Bill Gates, apenas, com muitas aspas à mistura, detinha uma riqueza avaliada em 90,7 mil milhões de dólares. Deste modo, os duzentos milhões de moeda norte-americana que os separavam foi “sol de pouca dura”.

A bolsa é assim. E, em certa medida, parece não ter reagido da melhor forma à notícia, pelo que, entretanto, a Amazon perdeu novamente em bolsa o acréscimo que tinha registado anteriormente. E claro, isso permitiu que Gates, da Microsoft, voltasse novamente ao lugar que lhe pertence há já algum tempo.

Amazon e Microsoft, comandadas por Bezos e Gates, os mais ricos do planeta Terra!

Seja como for, fica o aviso, a Gates e ao mundo em geral. Bezos fez, em pouco mais de vinte anos, uma empresa que o elevou de uma forma inacreditável na tabela dos mais ricos do mundo.

A loja online Amazon, tal como a Microsoft, é sem dúvida uma empresa fantástica. Mais do que isso, é multifacetada e está em todo o lado, isto é, pelo menos é esse o objetivo do seu CEO, fazer com essa integre o dia-a-dia de todos nós, pessoas.

Já agora, falou-se não só da Amazon, como da Apple, Google e Microsoft no Podcast 4gnews “À conversa com” desta sexta-feira. Por isso, não te esqueças. Quando tiveres disponibilidade, dá uma espreitadela e aprecia a verdadeira tecnologia falada em português.

Outros assuntos relevantes:

Motorola Moto X4 – Smartphone custará cerca de €350 euros na Europa

Huawei Mate 10 será um grande concorrente ao Apple iPhone 8

Asus ZenFone AR: A Realidade Aumentada chega a Portugal

FonteWindows Central

Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.