Bateria dos iPhone 12 será um novo marco para a Apple. Sabe porquê

Bruno Coelho
Comentar

Depois de três anos sem grandes mudanças, 2020 parece ser o ano em que a Apple vai fazer grandes alterações nos iPhones. Câmaras ainda melhores, ecrãs de qualidade e com taxa de atualização 120Hz, 5G e ainda mais RAM devem ser uma realidade.

Contudo, todas estas melhorias gastarão necessariamente mais bateria. Depois de atingir uma autonomia que tem agradado aos utilizadores no iPhone 11 Pro Max, a Apple parece já ter a chave para continuar neste trilho.

Segundo avança o site coreano The Elec, os iPhones lançados em 2020 podem ter um módulo de proteção da bateria 50 por cento mais pequeno e fino que o circuito dos atuais modelos.

Conceito iPhone 12
Conceito do iPhone 12

Com um módulo mais pequeno, abre-se espaço para uma bateria de maior capacidade, sem comprometer a espessura do dispositivo. Segundo avança a mesma fonte, este módulo será fornecido pela ITM Semiconductor.

Samsung Galaxy S11 deve estar equipado com o mesmo módulo

Caso não saibas, um circuito de proteção da bateria ajuda a prevenir sobrecarregamento ou descarregamento repentino. É avançado que estes novos módulos já foram também fornecidos à Samsung para os Galaxy S11.

Os rumores apontam para que a Apple lance quatro iPhones topo de gama em 2020. Estes devem contar com ecrãs OLED, 5G e até 6GB de RAM. Em termos de design, a marca pode aproximar-se do passado com uma frame em metal semelhante à do iPhone 4.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.