ASUS, HTC e MediaTek, as maiores empresas sediadas em Taiwan

Rui Bacelar
ASUS smartphones Android
Na imagem temos Marcel Campos, uma das caras mais conhecidas da fabricante sediada em Taiwan

A ASUS classificou-se como a marca internacional mais valiosa de Taiwan pelo sexto ano consecutivo. Superando assim com larga margem outras empresas como a HTC bem como a MediaTek. Isto de acordo com a Pesquisa de Marcas Globais de Taiwan de 2018 realizada pela Interbrand, a consultoria líder mundial em marcas.

Estima-se que a ASUS tenha um valor de marca de 1,619 bilião de dólares. A empresa desdobra-se em vários segmentos, desde os smartphones Android à informática, brilhando sobretudo neste último departamento.

Vê ainda: Google Gmail adiciona nova possibilidade que vais adorar!

Em primeiro lugar, já há vários anos que a fabricante HTC se tem deparado com cada vez mais dificuldades. Os seus smartphones Android não vendem como outrora e, a todo o momento, já contamos com más notícias vindas desta mesma HTC.

ASUS, HTC e MediaTek, grandes empresas de Taiwan

Entretanto, a MediaTek concentra-se na produção de chipsets, de processadores para dispositivos móveis. Entre as suas linhas de produtos temos os MediaTek Helio P. Estes sim, são alguns dos "corações" mais cobiçados atualmente para os smartphones Android de baixo e médio custo. Aliás, os processadores MediaTek são uma visão muito comum dentro de vários smartphones Android de fabricantes chinesas. Todavia, a ASUS e a HTC já há alguns anos que não usam chipsets da MediaTek nos seus smartphones topo de gama.

HTC e MediaTek ASUS smartphones Android
A fabricante volta assim a afirmar-se perante as conterrâneas HTC e MediaTek

A pesquisa anual da Taiwan Global Brands é reconhecida como um indicador-chave de como as marcas de Taiwan atuam no mercado global. A ASUS e as outras marcas como s HTC e MediaTek foram classificadas no top 20 da pesquisa.

Todas elas foram reconhecidas durante a cerimónia de 2018 do Best Taiwan Global Brands Awards em Taipei, organizada pelo Ministério de Assuntos Económicos de Taiwan. O troféu repousa mais uma vez nas mãos da ASUS.

"É uma honra receber mais uma vez o reconhecimento de marca internacional mais valiosa de Taiwan". Afirmou o diretor financeiro da ASUS, Nick Wu, após a cerimónia de entrega de prémios. “O elogio da Interbrand exemplifica o nosso compromisso com a procura do incrível em tudo que fazemos. Continuaremos a lutar pela perfeição e a inovar por um futuro melhor ”.

A ASUS lançou vários smartphones Android ao longo de 2018

No início deste ano, no MWC 2018, a ASUS lançou o ZenFone 5. A primeira série de smartphones Android com algoritmos avançados e análise de big data. Isto para fornecer aos utilizadores um conjunto exclusivo de recursos inteligentes de câmera e comunicação.

Asus ZenFone 5 Android Pie 9.0 smartphones Android MediaTek HTC
Este é um dos mais recentes smartphones Android da marca.

Vários meses depois, a ASUS e a ROG revelaram uma nova linha de motherboards Z390 com suporte aos mais recentes processadores Intel de 9ª Geração. Essas novas motherboards também introduziram a tecnologia de overclocking exclusivo da ASUS, que torna a sintonização automática mais rápida e inteligente do que nunca.

A ASUS Republic of Gamers (ROG) acrescentou mais equipamento líder mundial em jogos em 2018, incluindo o ROG Phone. Este foi o primeiro smartphone Android de gaming a apresentar uma plataforma móvel Qualcomm Snapdragon 845 de velocidade variável. Isto é, com uma frequência de 2.96GHz, especialmente personalizada, e GPU Adreno 630.

Poderá a HTC voltar a afirmar-se? E a MediaTek?

A ASUS continua empenhada em aperfeiçoar a experiência do utilizador digital. Aqui ao mesmo tempo que desenvolve as suas práticas empresariais e operações corporativas para criar uma empresa inteligente que se baseia nos sucessos de 2018.

Para 2019 o panorama tecnológico deverá continuar a melhorar para a ASUS. Todavia, para a sua rival HTC o cenário não se afigura promissor. A empresa encontra-se numa espiral recessiva que não dá sinais de melhoria.

Entretanto, a MediaTek volta a afirmar-se como fabricante de chipsets e processadores. Sobretudo à medida que as fabricantes chinesas de smartphones Android económicos vão triunfando no palco mundial. Aí sim, acredito que a MediaTek possa voltar a crescer, tanto em volume de vendas como credibilidade e respeito internacional.

Editores 4gnews recomendam:

Apple poderá introduzir novas capacidades à câmara dos próximos iPhone

Helio P90 da MediaTek é capaz de rivalizar com o Snapdragon 710

Google Fit quer-te ajudar a entrar em 2019 com hábitos saudáveis

Fonte

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).