Asus ROG Phone 5 Review: um smartphone gaming que pode ser para muitos

Bruno Coelho

Quando um smartphone é anunciado como “gaming”, sabemos que em teoria não será um equipamento destinado ao “utilizador comum”. É normalmente um terminal com software, luzes e estética que podemos livremente apelidar de “tuning”. E se as suas qualidades fizerem esquecer tudo isso?

O ROG Phone 5 foi recentemente apresentado pela divisão gaming da Asus (Republic of Gamers), como a mais recente aposta daquela que vem sendo reconhecido como o líder do seu segmento. Pese embora o seu design, a nossa análise mostra que pode muito bem ser um smartphone para consumidores que procurem qualidades muito específicas, não necessariamente com foco apenas no gaming.

Este equipamento destinado ao segmento gaming chega a Portugal por valores que começam nos 799,90 €. E a versão que testamos foi a de 12GB de memóra RAM e 256GB de armazenamento interno, cujo valor se cifra nos 899,90 €.

Asus ROG Phone 5

Pontos fortes do Asus ROG Phone 5:

  • Desempenho de topo a todos os níveis
  • Ecrã AMOLED plano com qualidade soberba e até 144Hz
  • Qualidade de áudio do melhor na indústria e entrada de jack 3.5mm
  • Autonomia simplesmente impressionante

Pontos fracos do Asus ROG Phone 5:

  • Ausência de carregamento sem fios
  • Não tem nenhuma certificação IP
  • Câmaras abaixo da concorrência
  • Pesado e grande para o utilizador comum

Unboxing e primeiras impressões

Mesmo antes de tirarmos o ROG Phone 5 da caixa, sabemos que vem aí algo especial. A caixa conta com detalhes, como a possibilidade veres uma animação através da câmara do smartphone. É algo que provavelmente só vais ver uma vez ou mostrar aos amigos, mas é um toque interessante e apelativo.

Na caixa, encontramos os essenciais. Além do smartphone, vem incluído um carregador com tamanho substancial, e capaz de te proporcionar até 65W de carregamento. O cabo USB-C para USB-C incluído tem acabamento em tecido, o que lhe vai certamente conferir maior durabilidade.

Asus ROG Phone 5

Vem ainda incluída uma capa, o que é sempre salutar. No entanto, esta foi concebida com aberturas para que os pormenores de design fiquem à vista. O que faz com que no final de contas vá oferecer apenas uma proteção residual.

Smartphone gaming com potencial para ser mais que isso

Este é um smartphone marcadamente gaming, desde o momento em que o tiramos na caixa. Isso nota-se tanto no hardware como no sofware, e em pormenores de design que não deixam ninguém indiferente.

Asus ROG Phone 5

Mas nesta análise tratamos o Asus ROG Phone 5 como qualquer outro equipamento que custasse 899,90 €, com as suas qualidades e defeitos. Até porque o smartphone perfeito não existe, seja ele gaming ou não.

Escolhas de design e qualidade de construção

Se esquecermos que a luz RGB pode piscar na parte de trás do equipamento, este até é discreto para um terminal gaming. Ao acabamento em preto, juntam-se os detalhes em vermelho. Com a capa certa, passa bem por telemóvel "normal".

Asus ROG Phone 5

Na zona frontal conta com proteção Gorilla Glass Victus, e atrás “apenas” Gorilla Glass 3. A moldura é em alumínio. É um equipamento que conta com uma entrada USB-C no fundo e na lateral. Essa é a zona que pode ser de maior fragilidade, como ficou demonstrado no teste de dobragem ao terminal.

Foram neste colocadas 6,78” polegadas de ecrã e uma bateria de 6000mAh. E isso faz com que seja um smartphone grande e pesado, o que pode não agradar a muitos possíveis consumidores. Digamos que não é nada amigo dos bolsos, e é ainda mais pesado que o ZenFone 7 Pro, contando com 238 gramas.

É bom referir ainda o sistema de controlo AirTrigger 5. Este conta com pontos sensíveis na moldura que podes personalizar como gatilhos para usar em vários jogos. Estes oferecem-te certamente uma vantagem competitiva face a quem use apenas o ecrã, e permitem que possas ter respostas mais rápidas.

Asus ROG Phone 5

Um pormenor interessante proporcionado pela margem superior, é já uma raridade nos dias de hoje. O ROG Phone 5 conta com um pequeno LED de notificações, que muito agradecemos durante os testes.

Ecrã é de bradar aos céus

Esta é uma das melhores experiências que vais ter com um ecrã de um smartphone. Além de ser grande, é um painel AMOLED com resolução de 1080 por 2448 pixeis, mais que suficiente para jogares e consumires multimédia. Já para não falar de que não é curvo nas laterais, algo que particularmente aprecio.

A isto junta-se a taxa de atualização de 144Hz, que te proporciona uma experiência com suavidade acima da média em qualquer jogo ou na navegação. Tem ainda um pico de brilho de até 1200 nits, pelo que ao sol podes usá-lo sem quaisquer problemas. A latência tátil é excelente, e situa-se nos 24,3 milissegundos.

Asus ROG Phone 5

Sim, é um smartphone com margens superior e inferior. Pessoalmente prefiro-as, ao invés de ter um buraco ou uma notch. E estas encontram-se lá para te proporcionar uma experiência de jogo de qualidade, e para abarcar uma das melhores características do terminal, que explico a seguir.

Som do melhor que a indústria tem para oferecer

Não te posso dizer que este smartphone tem o melhor áudio de um smartphone no mercado. Mas posso dizer-te com toda a certeza que tem o melhor áudio que já escutei num smartphone.

É de um prazer imenso jogar ou ver uma série na Netflix neste equipamento. A riqueza e separação feita pelos altifalantes estéreo do ROG Phone 5 dá-te uma experiência acima de terminais que testei como o Xiaomi Mi 11 ou o iPhone 12. Além disso, as colunas estão nas margens, pelo que quando pegas no smartphone na horizontal (modo paisagem), não corres o risco de as tapar.

Asus ROG Phone 5

O seu sistema de som chama-se GameFX, e dispõe de dois altifalantes estéreo com 7 ímanes e DTS:X. É de ficar verdadeiramente deliciado com os baixos que estas colunas proporcionam, e só ouvindo o vais conseguir perceber. Como bónus, este equipamento faz regressar a adorada porta para jack 3.5mm.

Desempenho "sem espinhas" e um mago em qualquer jogo

O que mais se poderia esperar de um smartphone gaming deste calibre? O desempenho a realizar qualquer tarefa não poderia ser melhor. O Snapdragon 888, combinado com 12GB de RAM dá-te a segurança de que podes usar qualquer app sem problemas.

A troca entre apps é rápida, e não terás quaisquer problemas em experiência de ecrã dividido. Se fores daqueles que tem duas contas para um mesmo jogo, até aí a experiência é de realçar.

Sendo um smartphone gaming, podes esperar que qualquer jogo que lhe atires para cima vai funcionar sem engasgos. O Genshin Impact rodou “nas horas”, assim como o meu querido Pokémon GO.

Asus ROG Phone 5

Quando ligas qualquer título, o smartphone entra em modo “fera” e passas a ter acesso ao Game Genie. Aí podes facilmente controlar o brilho, a entrada (ou não) de notificações e variar entre a taxa de atualização que mais te agradar. Este modo prioriza o desempenho, para estares sempre em vantagem.

Os gatilhos táteis não fazem diferença para títulos que eu jogo mais, como o Pokémon GO. Mas se jogares títulos como PUBG Mobile ou Call of Duty no teu smartphone, vais agradecer este acesso à mira ou ao disparo de forma mais rápida.

Asus ROG Phone 5

Podes ainda contar boas opções de desbloqueio facial e sensor biométrico embutido no ecrã. O primeiro é tremendamente rápido. O leitor de impressões digitais no ecrã não é o mais rápido que já usei, mas cumpre bem a sua função.

Uma interface ao teu gosto

Podia pensar-se que ROG Phone 5 era um smartphone em que apenas os gamers teriam a experiência ideal de software. Mas assim que ligas o equipamento pela primeira vez, a Asus deixa-te escolher entre uma interface marcadamente gaming, ou o clássico da marca.

Se fores pela primeira opção, o aspeto e detalhes de toda a interface terá os toques que os jogadores apreciam. Se fores como eu, vais para o design clássico que podes ver nas imagens, e que muito se assemelha ao Android puro.

Asus ROG Phone 5

Embora tenhamos no equipamento as apps do Facebook, Instagram ou Messenger pré-instaladas, esta é uma das experiências mais limpas que vais encontrar. Além disso, essas referidas apps podem ser facilmente desinstaladas.

Outro dado positivo é que, à semelhança do ZenFone 7 Pro, temos aqui uma interface muito personalizável. Podes, por exemplo, usar gestos no ecrã para abrir certas apps. Além disso, é possível carregar a bateria de forma lenta para a proteger ou limitar o carregamento para um máximo de 80%.

Asus ROG Phone 5

Câmara abaixo da média

Uma coisa é certa: não deves comprar o Asus ROG Phone 5 pela sua câmara. Não é esse um dos focos do equipamento, embora tenhamos aqui um leque fotográfico competente.

Capturado com a câmara principal do Asus ROG Phone 5. Vê aqui na qualidade original
Capturado com a câmara principal do Asus ROG Phone 5. Vê aqui na qualidade original

São 64MP do sensor principal, acompanhado pela ultrawide de 13MP e ainda uma lente macro de 5MP. Produz fotografias e vídeo competentes, mas que não justificam os 900 € que custa o equipamento. O mesmo se aplica ao vídeo, que é competente tendo em conta a categoria em que o smartphone se insere.

Não esperes as cores e o detalhes de outros modelos nesta faixa de preço. Mas pode dizer-se que para uma “consola portátil” não se porta mal. A câmara frontal de 24MP é decente, embora pareça que por mais que se desative o modo de embelezamento, ele continua sempre presente.

Asus ROG Phone 5
Capturado com a câmara frontal do Asus ROG Phone 5. Vê aqui na qualidade original

Bateria sem par nesta faixa de preço

Normalmente, autonomia e equipamentos premium não combinam. As fabricantes querem fazer smartphones mais finos, e colocar-lhe 6000mAh é algo fora de questão. Mas a Asus não só volta a fazer isso no ROG Phone 5, como a otimiza com grande perícia.

Estes 6000mAh de bateria darão facilmente para dois dias se fizeres um uso normal do smartphone - que é como quem diz se evitares os jogos. Mesmo a jogar algumas horas por dia, não terás problema em chegar ao fim do dia com alguma carga.

Para ter uma bateria deste tamanho, o smartphone acaba por sofrer no referido peso e espessura do equipamento. Mas a par da qualidade sonora e do ecrã, esta é a razão pela qual me veria facilmente a usar este equipamento de forma diária.

Asus ROG Phone 5

A Asus dividiu a bateria em duas partes de 3000mAh, o que te permite carregar o terminal até 70% em 30 minutos. A marca promete ainda 100% em 52 minutos, mas nos nossos testes andou em torno de uma hora (o que é bastante satisfatório para o tamanho).

Mais uma vez, a Asus deixa de parte o carregamento sem fios. É o preço de termos o cuidado na refrigeração e uma bateria massiva de 6000mAh E o carregamento com fios a 65W é suficientemente rápido para a maioria.

Para quem é (e não é) o Asus ROG Phone 5?

Até pode ser gaming, mas o Asus ROG Phone 5 pode ser o smartphone indicado para utilizadores muito específicos. É um equipamento ideal para quem quer um ecrã generoso, seja para jogar ou consumir multimédia, sem curvaturas na lateral e com uma taxa de atualização muito alta (144Hz).

Asus ROG Phone 5

É também um equipamento ideal para quem privilegia a qualidade sonora. Posso dizer-te com toda a segurança que o som que sai destas colunas é do melhor que vais encontrar num smartphone.

Encontrar um telemóvel que combine performance de topo, com o Snapdragon 888, e ainda assim tenha uma autonomia impressionante não é fácil. São 6000mAh que se podem transformar facilmente em dois dias de uso normal, ou um dia a um dia e meio em uso mais intensivo.

Por outro lado, este é não é o smartphone indicado quem quer equipamentos mais discretos em termos de design, tamanho, e peso. O seu design “grita” gaming, e só alguns utilizadores o vão apreciar. As suas dimensões expressivas aliadas ao peso, também serão de evitar por muitos.

Asus ROG Phone 5

A falta de carregamento sem fios ou certificação IP nesta faixa de preço, também podem ser algo a ter em conta. E não se pode dizer que as fotografias tiradas pelo equipamento estejam ao nível de outros terminais que testei em torno destes valores.

Idealmente, será para quem privilegia autonomia, som, ecrã e desempenho de topo. Se essas são as tuas prioridades e gostas de jogar no smartphone, este pode ser o terminal ideal para ti.

Escolhas de design 8
Qualidade de construção 8
Ecrã 9,5
Áudio 10
Performance / Desempenho 9,5
Interface / UI 9
Câmara 7
Bateria 9,5
Qualidade / Preço 7,5
Pontuação 8,7 - Recomendado pela 4gnews

A versão testada custa 899 € em Portugal, e conta com os referidos 12GB de RAM e 256GB de armazenamento. No entanto, a versão base do ROG Phone 5 começa nos 799 € €, contando com 8GB de RAM e 128GB de armazenamento. Confere as fotografias capturadas pelo Asus ROG Phone 5 na qualidade original.

Agradecemos à Asus pela disponibilização do equipamento para testes.

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.