Novo logo do Android O
Android O

Apresentada já este ano durante o mês de Março, a próxima versão do Android apelidada, até ao momento de “O”, promete trazer novidades a todos os níveis do sistema operativo: segurança, optimização de desempenho e privacidade são algumas das áreas já reveladas como em fase de desenvolvimento.

Vê ainda: Será mesmo este o aspecto final do OnePlus 5?

Ainda numa fase prematura de desenvolvimento do novo sistema operativo, já são públicas a maior parte das alterações que os programadores devem introduzir nas suas aplicações por forma a obterem um bom e seguro desempenho no novo sistema. Parece também ser neste sentido que a Google optou por criar uma nova versão este ano, em vez de apenas um novo número dentro do ainda recente Nougat.

   

Aposta continuada na optimização do Android

Com a introdução do Android Nougat, um dos aspectos que gerou maior expectativa foi a gestão de energia do sistema operativo. Pensado de maneira a ser ainda mais eficiente, o Android O vem introduzir, de entre outros, uma gestão optimizada do uso do serviço de localização.

Neste novo sistema, todas as aplicações, incluindo os Serviços do Google Play, que é a aplicação gere todo o conteúdo Google da tua conta e das tuas aplicações, passarão a receber informação sobre o serviço de localização menos frequentemente. Este aumento no espaçamento de sincronização permitirá ao Android O estar mais tempo em inactividade e poupar mais bateria.

Vê também: Asus Zenfone 3: Pequeno truque aumenta desempenho do smartphone

Igual importância será dada à gestão das restantes ligações sem fios, como a Wi-Fi e o Bluetooth. Este último terá uma ligeira optimização para a nova versão da antena 5.0, assim como uma melhor gestão de pacotes de dados. Quanto à Wi-Fi, as alterações terão maior impacto na maneira como o smartphone escolhe e se liga às redes, tentando escolher a que oferecerá a melhor experiência de uso ao utilizador.

Contudo, serão também introduzidos aperfeiçoamentos de estabilidade, de user interface e, em dispositivos compatíveis, activação automática da Wi-Fi quando em proximidade de uma rede de alta qualidade.

Android O

Novo requisitos de segurança

Com a preocupação crescente da segurança durante a nossa utilização e navegação, a Google vem introduzir mais filtros de protecção nas suas aplicações (SECCOMP), assim como isolar alguns serviços web lançados através de aplicações. Entre estas, serão introduzidas outras novidades ao nível do código das aplicações, tornando-as mais seguras e eficazes.

Não percas: Bang & Olufsen BeoSound Shape: E se da parede viesse apenas música?

Este é um assunto complexo, mas a ideia base é que as aplicações disponíveis na Play Store estão mais regradas e uniformes. O Android passará a não permitir alguns tipos de código mais antigos e menos seguros, ou mais susceptíveis a ataques. Da mesma maneira, espera-se que o novo sistema não seja só mais seguro, mas mais rápido e eficiente.

Ainda no capítulo da segurança, no que concerne à privacidade, a nova versão do sistema operativo passará a interpretar de maneira diferente o utilizador dentro de cada aplicação, isolando o funcionamento de cada aplicações.

Navegação e métodos de utilização do novo Android

Com a introdução da compatibilidade das aplicações do Android em Chromebooks, a nova actualização irá trazer novidades quanto à navegação por métodos alternativos, como teclados, ratos ou simplesmente ecrãs tácteis de maiores dimensões.

Outra das actualizações é ao nível do áudio e sobre a maneira como este é tratado quando um stream de música é interrompido por uma chamada, ou mesmo como funcionam os botões selectores de volume, quando a ouvir música, mas a executar outra tarefa. Trata-se neste caso de um melhoramento na consistência das aplicações funcionam, mas que pretende mais consistência na experiência do utilizador.

Android O
“O” de Android O… ???

User interface e notificações

Notification Dots
Acção Notification Dots

Para além das alterações que vão acontecendo nos bastidores do Android, há claro aquelas que são mais visíveis e aquelas com que podemos interagir.

Uma de tais novidades é a chamada Notification Dots. Esta pretende dotar os ícones das aplicações com informação adicionada. A imagem do Google Pixel à direita é um exemplo deste novo componente. Se te parece que já viste este tipo de interacção antes, tens razão. Viste-o no iPhone após a introdução de sensibilidade de pressão no ecrã: o 3D Touch, mas também o Blackberry KEYone, em que traços por baixo do icon te informam que podes lançar um widget dessa app a partir do ícone.

Outra das novidades é o modo Picture-in-Picture, que te permite ter por exemplo o Youtube ou outro conteúdo vídeo numa pequena janela flutuante, enquanto vês um outro conteúdo. Já poderás então ver e ler a mais recente review 4gnews no nosso site e canal Youtube ao mesmo tempo. Apesar de uma novidade para Android puro, já podes encontrar esta funcionalidade noutros equipamentos à algum tempo. Neste caso refiro-me aos equipamentos da linha Galaxy S da Samsung.

Para quando esperar o Android O

Timeline Android O

Segundo a própria Google, poderemos esperar o novo sistema no terceiro quarto de 2017. Até lá veremos ainda o lançamento de duas novas versões de teste e desenvolvimento. Esta deverá ser a mesma altura em que veremos o novo Google Pixel, rodeado da feroz concorrência que esperamos para essa altura do ano, como o Samsung Galaxy Note 8, o LG V30 e claro o iPhone 8.

Outros assuntos relevantes:

London Bridge: Facebook Safety Check é activada depois de ataque terrorista

Câmara do OnePlus 5 poderá contar com um sensor monocromático

Dragon Ball Super: contextualização ao fim de 92 episódios!

 

ViaIndependent
FonteDeveloper Android

Com extrema admiração por tecnologia móvel e pela evolução tecnológica da nossa geração em geral, juntei-me à 4gnews para te trazer todas as novidades sobre este nosso mundo da tecnologia falada em português.