Apple Watch salva mais uma vida com a monitorização da frequência cardíaca

Rui Bacelar
Comentar

O smartwatch da Apple terá sido crucial ao detetar um problema cardíaco potencialmente fatal. O seu utilizador, um idoso de 79 anos foi alertado pelo relógio inteligente sobre o estado irregular da sua frequência cardíaca, levando-o a agir prontamente.

De acordo com a CBS Austin, a equipa de médicos locais veio posteriormente a confirmar o diagnóstico do Apple Watch, ao passo que o doente foi imediatamente submetido a cirurgia corretiva da condição cardíaca. Um desfecho feliz graças ao produto Apple.

Mais uma vida salva pelo Apple Watch

Apple Watch frequência

"O relógio deu-me um alerta… olhei para baixo, para o ecrã e apresentava fibrilação atrial", avançou Ray Emerson de 79 anos, um antigo veterinário da cidade de Waco no estado norte-americano do Texas. "Disse-me que não me sentia tão bem como aparentava", acrescentou o idoso à cadeia CBS Austin.

Após o alerta feito pelo Apple Watch, Emerson visitou um médico que viria a confirmar o diagnóstico do relógio inteligente. A fibrilação atrial é uma grave insuficiência cardíaca caraterizada por batimentos irregulares que aumentam o risco de ataques fulminantes, além de coágulos (trombos) e falência cardíaca generalizada.

Sendo imediatamente encaminhado para o hospital local e submetido a uma cirurgia de emergência, o problema cardíaco foi corrigido com sucesso. Emerson acredita que se não fosse o alerta do relógio não teria detetado o problema potencialmente fatal.

A Apple orgulha-se da monitorização da frequência cardíaca no seu Watch

Apple Watch frequência

O cidadão norte-americano é o mais recente caso de sucesso do Apple Watch. Este grupo de pessoas que atribuem ao Apple Watch a notificação preciosa que lhes viria a salvar vidas continua a aumentar, testemunhos que reforçam o orgulho da empresa no seu relógio inteligente.

A função de monitorização da frequência cardíaca foi ativada pelo watchOS 5, presente desde então com a aplicação dedicada. Os utilizadores podem, a qualquer momento, consultar várias métricas relacionadas com a sua saúde, sendo a frequência cardíaca uma delas.

Mais recentemente, com a nova geração de Apple Watch, a oximetria - índice de oxigénio dissolvido no sangue - passou a estar presente. A todo tempo, os utilizadores também são alertados caso o smartwatch detete situações anómalas e potencialmente graves.

Para a Apple esta é uma das maiores vantagens do seu relógio. A fiabilidade das medições, bem como o reconhecimento do wearable como produto auxiliar na monitorização da saúde. É um dos grandes pontos de venda e tudo indica que a gigante de Cupertino continue a aperfeiçoar o smartwatch neste sentido, o de ajudar a zelar pela saúde e bem-estar dos utilizadores.

Atualmente a Apple continua a trabalhar para que o seu Apple Watch seja um acessório não só reconhecido pelas autoridades de saúde competentes, mas também pelos consumidores. Para todos os efeitos, estão no bom caminho.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.