comscore comscore
Home Apple

Apple Watch ajuda mulher a descobrir doença cardíaca

Uma mulher da Carolina do Norte é a mais recente feliz utilizadora de um Apple Watch 4. O intuito da compra foi mesmo a preocupação com a saúde. Inegavelmente, em boa hora Beth Stamps o fez.

Enfermeira ao domicílio, Beth Stamps descobriu a sua condição quando se encontrava em casa de um paciente. Posteriormente, disse em declarações ao canal ABC 11 News que parecia ter “acabado de terminar uma maratona”.

Apple Watch ajuda mulher a descobrir doença cardíaca

Nessa altura, nem descansando o ritmo cardíaco descia. Quando ficou parada, o seu Apple Watch indicou que os seus batimentos cardíacos estavam excessivamente altos. Com efeito, os números atingiam os 177bpm (batimentos por minuto).

Depois de chamada a emergência médica, Stamps fez testes durante dois dias. Acabou por lhe ser diagnosticada uma taquicardia supraventricular. Algo que, muito sucintamente, se consegue descrever como uma pulsação rápida que é constante e pode tornar-se fatal.

Apple Watch ajuda mulher a descobrir doença cardíaca

O Apple Watch 4 ajudou a salvar a vida de Beth Stamps

Stamps disse que, por vezes, sentia um batimento cardíaco igual ao de alguém que está numa corrida. No entanto, não era recorrente, e a enfermeira foi deixando passar. Ao ter o Apple Watch a fazer um monitoramento regular Beth Stamps acabou por perceber que precisava de ajuda médica.

Todavia, neste momento a enfermeira da Carolina do Norte está medicada de forma a melhorar a sua condição. Acima de tudo, o Apple Watch deve ser um dos melhores investimentos que fez na vida.

Em suma, o Apple Watch é um dispositivo de referência no mundo dos wearables. Enquanto utilizador Android é o dispositivo Apple que mais tenho pena de não poder usar. É, sem dúvida, um dos grandes trunfos da empresa de Cupertino.

Editores 4gnews recomendam:

Game of Thrones estreia mais cedo em Portugal via streaming

Pokémon Go vai deixar-te tirar selfies com o teu Pokémon favorito

Xiaomi Redmi Note 7 tem tudo para revolucionar o mercado!

Via9to5mac
FonteABC11News
Bebe das canções de Manel Cruz, das idiossincrasias de Bruno Aleixo e dos planos de Quentin Tarantino. A escrita está-lhe no sangue, e o amor à tecnologia é uma boa desculpa para o mostrar a quem queira ler.