Apple vai atacar a Xiaomi, OPPO e Vivo com o próximo iPhone SE Plus

Filipe Alves
2 comentários

Os rumores referem que a Apple prepara-se para lançar ainda mais smartphones para o próximo ano. Já há muito que se diz que a empresa de Cupertino prepara um outro iPhone SE para conseguir atacar diferentes segmentos de mercado.

Com este iPhone SE 2020, percebemos que a Apple não se quer focar apenas nos topo de gama. Ainda que as especificações do iPhone SE sejam de topo de gama, o seu preço, design e público não era.

Xiaomi, OPPO e Vivo que se cuidem com o futuro Apple iPhone SE Plus

iPhone SE Plus

Ao que parece, a fabricante de módulos de câmaras para smartphone Sunny Optical está em conversações com a Apple de forma a conseguir oferecer possibilidades e módulos para as câmaras do futuro iPhone SE.

Esta fabricante referiu que os pedidos da Huawei caíram significativamente e que estão à procura de parceiros de negócios como a Apple.

A Apple utiliza neste momento a empresa taiwanesa "Yujingguang" para fabricar esses módulos. Porém, os preços são ligeiramente superiores aos da Sunny Optical.

Ou seja, caso o negócio se feche, como as fontes da DigiTimes dizem que vai acontecer, a Apple conseguirá fabricar um smartphone "SE" ainda mais em conta.

Em síntese, este será o dispositivo que atacará de forma séria as fabricantes como Xiaomi, OPPO e Vivo que tentam saltar à vista com a redução de mercado da Huawei.

iPhone SE é uma "pérola dourada" para a Apple

Apple iPhone SE

A Apple atreveu-se a baixar o preço de um smartphone pela primeira vez. Além disso, só nos deu o compromisso no design. Isto porque o terminal é tão potente quanto o iPhone 11 e modelos Pro.

Para utilizadores (como eu) o design não é muito relevantes, as câmaras também não. E acredito plenamente que muitos utilizadores pensem da mesma forma. Resta-nos saber se o modelo "Plus" terá um design idêntico ao iPhone 8 Plus ou aos novos iPhones.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.