Apple iPhone 7 Plus

O grande trunfo da Apple com o seu ecossistema reside na fiabilidade e funcionalidade que o mesmo tem para oferecer. Isto é conseguido com um controlo apertado de todo este ecossistema, onde o hardware e o software são desenvolvidos lado-a-lado, para que tudo funcione em sinergia.

Mas como se todo o controlo que a empresa de Cupertino tem sob o processo de desenvolvimentos dos seus produtos não fosse já o bastante, esta encontra-se a trabalhar para que este seja ainda mais apurado. Recentemente foi tornado público que a Apple iria começar a desenvolver as suas próprias gráficas para os seus smartphones. Hoje, somos confrontados com outra notícia idêntica.

Vê também: Nova caixa para os AirPods poderá servir como carregador wireless

   

Um analista financeiro revelou, hoje, que a Apple estará em processo de desenvolvimento dos seus próprios chips de poupança de bateria para os seus smartphones.


Como é do conhecimento geral, um dos pontos fracos dos iPhone´s está, precisamente, na autonomia dos mesmos. A Apple tem vindo a trabalhar no assunto há já algum tempo, mas, por enquanto, os resultados ainda não são tão bons como alguns dos seus principais concorrentes.

Com isto em mente, Banhaus Lampe afirma agora que a Apple está a montar dois centros de desenvolvimento para poupança de energia. Um deles está situado na capital germânica Munique, ao passo que o outro estará sediado na Califórnia, tendo já cerca de 80 engenheiros a trabalhar no assunto.

Citando as palavras do próprio senhor Lampe “…este é um sinal de que a Apple está a desenvolver os seus próprios PMIC, com intenção de substituir os chips feitos pela Dialog, pelo menos em parte.”. Outra fonte, que aborda o mesmo assunto, avança que a gigante norte-americana está já a recrutar engenheiros, veja-se, da Dialog, em Munique, como se não houvesse amanhã.

Apple a apertar ainda mais o desenvolvimento dos seus produtos

Embora estas intenções ainda não tenham sido oficializadas pela empresa de Tim Cook, é óbvio que este rumores tiveram já consequências para o lado da Dialog. Neste momento, as ações da empresa baixaram cerca de 36%, um mínimo dos últimos sete meses.

Em termos de volume de negócios, mais de 70% das vendas da Dialog são para a Apple. Logo, ao concretizar-se esta intenção da empresa por detrás do iPhone, imaginem o arrombo que será, para a Dialog, a perda do seu maior cliente.

Para já, todas estas informações ainda carecem de uma confirmação por qualquer uma das partes. Mas o passado recente mostra-nos que os rumores e fuga de informação são cada vez mais apuradas, logo há uma enorme possibilidade de a Apple querer desenvolver a sua própria tecnologia de poupança de energia para os seus smartphones.

Outros assuntos relevantes:

Samsung Galaxy Xcover 4 chega à Europa por 280€

Motorola Moto C : O próximo “baratinho” de 100 dólares está a chegar!

Preços dos Xiaomi Mi6 e Mi6 Plus já foram revelados

Viabgr
Fontereuters
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.