Apple terá abandonado esta tecnologia para a geração iPhone 14

Rui Bacelar
Comentar

A tecnologia de câmara fotográfica, sensor de imagem embutido no ecrã, ou sob o ecrã no próximo iPhone 14 é referida frequentemente em fugas de informação, bem como numa mão-cheia de rumores. Todavia, de acordo com novas informações a Apple terá alterado as suas prioridades e apostado sobretudo no Face ID.

A tecnologia de reconhecimento facial 3D da Apple, introduzida com o iPhone X, tornou-se fator indissociável desta gigante norte-americana e continuará a ser aperfeiçoado para a próxima geração de telemóveis iOS. Esta é a convicção das fugas de informação mais recentes a chegar à Internet.

Face ID continuará a ser prioridade da Apple

A fuga de informação foi noticiada primeiramente pela publicação idropnews dedicada sobretudo aos desígnios da maçã. Assim, segundo esta fonte, a Apple terá colocado de parte os planos para embutir a câmara frontal no ecrã e continuará a desenvolver o seu sistema de reconhecimento facial e autenticação 3D.

Após vários rumores apontarem uma câmara frontal embutida no ecrã para o iPhone 14 temos agora um testemunho divergente. Ao que tudo indica a Apple continuará a apresentar um pequeno notch no próximo iPhone, ainda que este possa apresentar dimensões diminutas, com a câmara a perfurar o ecrã.

Note-se, contudo, que de momento não podemos verificar a veracidade destas informações, pelo que as mesmas devem ser interpretadas com alguma cautela. Não obstante, esta decisão seria concordante com o rumo que a tecnológica tem seguido.

Engenheiros da Apple terão colocado de parte a tecnologia de câmara sob o ecrã

Isto é, veríamos a Apple a manter-se num percurso que tem vindo por si a ser trilhado há várias gerações de Apple iPhone, ou seja, a abordagem cautelosa às novas tecnologias e implementações. Antes de experimentarem algo novo, aperfeiçoam tecnologias existentes e com provas dadas no mercado.

Mais ainda, esta fonte afirma que poderíamos ter visto esta tecnologia no Apple iPhone 13 Pro, mas a tecnológica terá decidido adiar a implementação mais alguns anos. De acordo com a fonte, o sistema carecia ainda de aperfeiçoamento até que os resultados proporcionados pelas câmaras embutidas estivessem à altura do padrão de qualidade Apple.

Em suma, para os novos iPhones a chegar em setembro voltaremos a ter o sistema Face ID no centro das prioridades da empresa como sistema de autenticação e reconhecimento facial 3D. Contamos também com uma redução substancial nas dimensões da notch.

Entretanto, até setembro teremos várias fugas e informação que nos permitirão confirmar, ou desmentir, vários dos rumores atualmente em circulação.

Editores 4gnews recomendam:

  • POCO prepara-se para lançar o seu primeiro smartwatch barato e bom em 2022
  • iPhone 13 Pro Max, Galaxy 22 Ultra ou Xiaomi 12 Pro: qual tem melhor bateria?
  • Realme promete mudar a forma como usas o smartphone com esta tecnologia
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com