Apple supera rivais na compra de start-ups de IA

Mónica Marques
Mónica Marques
Tempo de leitura: 1 min.

A Apple parece querer ter vantagem na corrida da tecnologia de Inteligência Artificial. Um novo relatório de mercado, divulgado pelo site 9to5Mac, dá conta de que a empresa de Tim Cook comprou 32 start-ups no ano passado.

Com este número de aquisições, a Apple conseguiu superar as suas rivais tecnológicas mais diretas. A Google comprou 21 start-ups, a Meta 18 e, por fim, a Microsoft fez 17 aquisições.

Estratégia proativa da Apple a identificar tendências na tecnologia IA

imagem do logotipo da Apple na fachada de um prédio
Tim Cook, CEO da Apple, reconheceu que a empresa adquire start-ups a um ritmo invulgar Crédito@MatiasCruz/Pixabay

O relatório publicado pelo site 9to5Mac que é da autoria da empresa Statista, explica que “um aspeto notável da onda de aquisições da Apple é a sua ênfase na aquisição de start-ups na fase inicial, o que indica uma estratégia proativa para identificar e investir em tendências e tecnologias emergentes de IA, antes que estas atinjam a fase da adoção generalizada”.

Saliente-se que os dados agora divulgados são apenas uma estimativa. Tudo porque a Apple é bastante discreta e silenciosa neste tipo de aquisições.

Mas, em 2021, o próprio Tim Cook, CEO da Apple, admitiu que a empresa comprava uma start-up, em média a cada três a quatro semanas. Em 2022, o mesmo responsável revelou que a Apple aumentou o ritmo de aquisições e já comprava start-ups a cada duas semanas.

Apple não comenta aquisições de empresas

Segundo os especialistas de mercado, a Apple compra estas empresas tanto pela sua tecnologia como também pelos funcionários a trabalhar nestas start-ups.

No entanto, tem como norma nunca comentar estas aquisições e esclarecer especificamente a razão da sua compra.

Tem, aliás, uma resposta preparada para enfrentar as questões dos meios de comunicação: “a Apple compra empresas de tecnologia mais pequenas, de tempos a tempos, e geralmente não discutimos os nossos propósitos ou planos”.

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. monicamarques@4gnews.pt