Apple quer desenvolver os seus sensores para o seu carro autónomo

Carlos Oliveira

Que a Apple tem ambição de construir um carro autónomo já não é novidade. E prova disso é o recente relatório da Reuters a afirmar que a empresa de Cupertino estará a desenvolver os seus próprios sensores.

De acordo com fontes próximas da matéria, a Apple estará em conversações com quatro possíveis fornecedoras para o desenvolvimento dos sensores necessários. É ainda referido que a gigante norte-americana quererá revolucionar este segmento.

Apple

Segundo as fontes deste relatório, a Apple quererá desenvolver sensores capazes de mapear tridimensionalmente a estrada. Para além disso, a empresa quer fazer destes sensores mais pequenos, mais baratos e de mais fácil produção em massa.

Apple aposta em novos sensores capazes de mapear tridimensionalmente a estrada

Todos estes esforços vão de encontro à teoria de que a Apple quer controlar toda a tecnologia presente no seu carro autónomo. Uma decisão que faz todo o sentido, quando olhamos para as habituais políticas da empresa de Cupertino. 

Todavia, fontes referem que a tecnológica está mais interessada no software do que na construção do carro propriamente dito. Ou seja, a Apple poderá delegar a construção desse carro a outra empresa, ficando apenas a parte do sistema de condução autónoma a seu cargo.

Embora a empresa liderada por Tim Cook esteja a procurar parceiros para o desenvolvimento destes sensores, isso não a impede de estar a desenvolver os seus próprios dentro de portas. Assim conseguirá manter um maior leque de opções em aberto.

De notar que a tecnológica tem estado ativa neste mercado. Recentemente contratou um dos homens fortes da Tesla no desenvolvimento de motores elétricos. 

Este novo relatório vem então reiterar o interesse da Apple neste mercado. Não temos a menor pista de quando poderá a Apple desvendar este seu novo produto, mas essa possibilidade é cada vez mais forte.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.