Apple descura qualidade do seu Face ID para produzir mais iPhone X

Carlos Oliveira
Apple iPhone X Face ID
Apple iPhone X Face ID

Em setembro passado, a Apple apresentou-nos o seu mais irreverente smartphone desde o primeiro iPhone. Estamos a falar do novo iPhone X que chegará ao mercado no próximo dia 3 de novembro com funcionalidades únicas, como é o caso da tecnologia de reconhecimento facial Face ID.

Vê ainda: OnePlus 5T já foi confirmado por Evan Blass da evleaks e pela AnTuTu

Esta tecnologia foi um dos pontos de maior foco na apresentação do iPhone X. Quando muitos ainda temem pela qualidade deste tipo de autenticação, a Apple chega e apresenta-nos algo que, nas suas palavras, é muito mais seguro do que o próprio leitor de impressões digitais.

Contudo, tem sido precisamente este o causador dos vários problemas na produção do iPhone X e que ameaçam limitar bastante a sua disponibilidade quando o mesmo chegar ao mercado. Na realidade, relatos afirmam que apenas 20% das unidades produzidas saem da linha de produção cumprindo com todos os parâmetros pré-estabelecidos.

Mas para contornar todos estes problemas, a empresa de Cupertino terá optado por uma manobra questionável para o seu historial. Segundo informações agora veiculadas pelo Bloomberg, a Apple terá instruído os seus parceiros a reduzir a precisão do Face ID para conseguir produzir mais unidades do seu iPhone X a tempo do seu lançamento.

Apple iPhone X Face ID
Face ID no novo iPhone X da Apple

O funcionamento do Face ID incide particularmente sobre três principais elementos: um projetor de pontos, um iluminador e uma câmara de infravermelhos. O primeiro consegue projetar 30.000 pontos para a tua cara e com a ajuda do iluminador, iluminar a tua cara e comparar os resultados com os padrões já gravados anteriormente.

O baixo número de unidades produzidas do iPhone X fez com que a Apple aceitasse baixar a qualidade do seu Face ID

Pois bem, tudo isto está a ser difícil de acomodar como deve ser no iPhone X e é, assim, o principal causador da baixa taxa de equipamento a sair da linha de produção com vista na sua comercialização.

Com a redução da precisão de todos estes componentes, a Apple será capaz de aumentar o número de unidades a sair com sucesso da linha de produção do iPhone X. Contudo, caso tudo isto seja verdade, esta informação deverá inquietar ainda mais a comunidade tecnológica.

Existe já muita gente a duvidar do sucesso e precisão desta nova tecnologia pressente no iPhone X. Agora, a saber que a própria Apple terá instruído os seus parceiros a reduzir a qualidade do mesmo, estas inquietações serão muitas mais.

A expectável enorme procura para este novo smartphone parece estar a pressionar a Apple para produzir o maior número de unidades possível. Mas caso o novo Face ID não venha a funcionar como deve, temos aqui um caso que poderá manchar a confiança que os utilizadores depositam na marca.

Outros assuntos relevantes:

Vivo Xplay 7 – assim será o primeiro smartphone totalmente sem margens

Motorola acaba de apresentar o novo Motorola Moto Z 2018 edição Kingsman

Cortana: Microsoft tem trabalhado para concorrer com a Amazon e Google

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.